quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Flirt ...


Continente é o seu nome.
Continente para tão escasso conteúdo?
Sim!

O nome foi-lhe atribuído pelos donos fortuitos, eles sim, proprietários de um café com pretensões a essa dimensão, ostentando esse nome.

Todas as manhãs o encontro.
Antes da praia, é paragem obrigatória para tomar café, ler o jornal e aceder ao blog, disponível por WIFI.





Foi, portanto, assim que conheci o Continente, o de quatro patas, um puríssimo exemplar da linhagem rafeira.
Primeiro foi um abanar de cauda a que correspondi com uma tímida aproximação de mão que se transformou em afago.
Depois, alimentei o seu comprovado fundo Pavlovniano e, embrulhado num guardanapo, passei a comprar a sua afeição com uma fatia de fiambre.
Neste momento, já me saúda de longe, com a ventoinha da cauda.
E eu gosto.
Gosto deste flirt combinado em que eu compro o afeto e, em troca, sou reconhecida e se calhar até desejada.
Falo em flirt, não em paixão!





É que nos idos da minha infância, incauta e inocente, recebi de um gato (sei agora que estava no cio...) um profundo ferimento numa perna, cuja cicatriz perdura, na perna e na alma.
Diz quem sabe que, aberto o coração ao afeto de um cão, a retribuição é de tal forma intensa, de tal forma plena, de tal forma incondicional, que paga todas as contrapartidas.
Acredito.
Já testemunhei essa capacidade de tapar buracos na alma, com um agitar de cauda, com a receção efusiva, sentida, sincera que dispensam a quem os acolhe.
Um dia ainda vou ter um cão.





Vou amar um cão.
Vou deixar-me amar em plenitude por um cão.
Um dia...
Para já flirto com o Continente.

Beijos
Nina



26 comentários:

  1. Então não esperes muito mais tempo para ter um cão. Sempre tive animais, todos com "personalidades" diferentes, às quais tive de me adaptar, e sempre me apaixonei por eles e acabei por viver um amor sem limites :)
    Já tive a casa cheia de bichos, e infelizmente eles não são eternos, agora já só tenho uma cadela, mas a cada dia que passa, ela demonstra o amor que tem por mim, e eu por ela :)
    E esse continente tem ar de ser uma jóia de cão! :)
    Adopta um, vais ver que não te vais arrepender. :)

    ResponderEliminar
  2. Lindo!!!
    Gostei e lembrei-me...
    O que o cão pensa: o meu dono deve ser rei... dá-me de comer!
    O que o gato pensa: eu devo ser rei... o meu dono dá-me de comer!
    Eu tenho um gato preto, mas acho que é arraçado de cão!
    Bj
    Teresinha

    ResponderEliminar
  3. Amo animais. E depois que minha filha formou-se em Veterinára passei a vê o um mundo animal com olhos diferentes. Olhos de mais ternura.
    Estou indo agora nos Correios.

    ResponderEliminar
  4. Saludos para Continente... nunca había conocido un perro con ese nombre tan singular.

    ResponderEliminar
  5. Nina,
    que carinha tão larocas!!!!!
    Gostei do Continente...
    Eu cá, tenho o Piloto!!!!!
    Muito amigo e amoroso.....
    é o meu primeiro animal...


    abraços de MF

    PS - amei o teu texto.....
    que coisa boa de se ler!!!!

    ResponderEliminar
  6. Nina que coquetura de perrito, me encantó, se ve que es toda una ternura, disfrútalo.

    Saludos,

    Ale
    Costa Rica

    ResponderEliminar
  7. Olá. Se tiveres um cão, não dês 500 euros por ele... vai a locais onde poderás adoptar um cão e ficar com ele, levá-lo para casa. Eu não gostava de caniches, e no dia 12 de junho, a minha mãe foi ao talho, ao fundo da rua e encontrou uma caniche. fora abandonada, segundo disseram os vizinhos e hoje é uma grande amiga. Chama-se Lara. Na altura foi a minha mãe que escolheu o nome... Passado umas semanas, queria Petra porque a filha de uns amigos assim sugeriu e eu disse " se a C escolheu outro nome, que compre um cão..Lara está bom e ela já se dá pelo nome " . Mas os cães/ cadelas podem ser bons amigos. Tinha vergonha de andar com cão pequeno na rua. No Marco de Canaveses, num dia de festa, passeava o pincher e uns jovens chamaram-me nomes... lol.. Mas na Figueira, vi várias pessoas jovens com Caniches, Pincher´s e outras raças pequenas. Jovens da minha geração e Idosos preferem cães pequenos e portáteis. As melhoras da pernita. beijos . o Continente é lindo.

    ResponderEliminar
  8. Nina querida ter um amigo desses é uma delícia! Apesar de todos os cuidados que devemos ter, o que nos ocupa boa parte do tempo, é um amor sem cobranças ou limites. Eu amo meu cão de paixão. Digo sempre que ele é da familia. Beijos

    ResponderEliminar
  9. Ohhh....tão giro! Adorei o post :)
    Abandonaste-me de vez Nina, só "apareces" se eu venho cá :'(
    Pois é, quando começamos a ter muitos seguidores, chegamos a um ponto que o tempo que temos só dá para visitar quem nos visita, não é? ;)

    beij♥s, e um óptimo dia♥♥

    "Saúde & Beleza - Health & Beauty"




    ResponderEliminar
  10. Nina,
    fiquei apaixonada pelo Flirt, transformaste ele em um astro nas fotos maravilhosas que tirastes. Quem não quer este continente para flirtar?
    Uma linda quinta-feira.
    Jeanne

    ResponderEliminar
  11. ...e um cão quando ama, o faz incondicionalmente, plenamente...vais gostar, tenho certeza.

    Lindo flirt este!

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderEliminar
  12. Nina, vim retribuir a tua visita. Claro que vamos ser seguidoras. Há uns anos atrás não ligava muito a cães até ao dia em que conheci Tarzan (o lindo cão que os meus pais adotaram). Desde então, é uma paixão.
    Bjkas

    ResponderEliminar
  13. Um cachorro com bom gosto:)

    Amei este post!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Nina, esta cachorrinho é uma figura! Bom, como deve ter percebido sou uma eterna apaixonada por animais, todos eles, e acho um privilégio sem tamanho desfrutar de um afeto tão inocente. Os bichinhos são simplesmente amor recoberto por pelos.
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  15. Olá Nina ! Adorei o post, que lindo o flirt !
    As fotos e as palavras estão fantásticas.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  16. Olá Nina o continente é muito giro e são lindas as tuas palavras, já sou seguidora. Desejo-te um bom fim de semana. Beijo
    Ana

    ResponderEliminar
  17. Já vi cães com nomes bem diferentes (tive um de nome Orestes) mas nunca Continente.
    Sem dúvida ele é muito simpático, tem uma cara de gente boa.
    Tenha um cão amiga, voce vai ser arrebatada por ele.
    tive alguns, durante muitos anos de minha vida, e de todos guardo uma saudade gostosa, eles são adoráveis.
    Gostaria de ter um pequenino agora que moro em apartamento, mas ainda não me decidi.
    temos o Biriba, que mora com minha filha na chácara, um autêntico vira-latas, lindo e já bem velho.
    adorei ler seu texto, carregado de carinho pelo seu Continente, beijos!

    ResponderEliminar
  18. Lindo post Nina,adorei o Flirt, ele muito fofo! As fotos dele ficaram lindas! Esse olhar dele na última foto está demais...
    bjus!

    ResponderEliminar
  19. Nina, ainda não me deixei seduzir. Quem sabe um dia?
    Beijos

    ResponderEliminar
  20. He is precious, love his little face :))) Hope you have a super weekend doll xx

    ResponderEliminar
  21. Animais são td de bom! Eu tenho gatos, e são totalmente carinhosos e fiéis. Amo cachorros, mas não dá pra ter no apartamento em q moro pq é pequeno.

    ResponderEliminar
  22. Nina,
    minha casa sempre teve cães. Tive Kimo, um setter irlandês lindo demais, Cocada, um poodle branco muito peralta, Spike, um dinamarquês enorme e bonachão, Aretha, minha Schnauzer, querida, linda e muito inteligente, que me deram alegrias e sofrimento ao vê-los partir, afinal vivem tão menos que nós.
    Agora, para ajudar a cicatrizar a ferida da perda da Aretha, chegou Zoe, uma Schnauzer de 2 meses de idade, branca com olhos azuis acinzentados, linda demais.
    A alegria está voltando à minha casa, estes anjos de 4 patas e seus latidos são uma benção.
    Torço para vc conseguir logo um amigo canino, vale à pena.
    Beijos e um ótimo final de semana.
    Tereza

    ResponderEliminar
  23. Que lindo e simpático canito. Eu tb ando com vontades de ter um cãozinho mas por agora não pode ser :(

    ResponderEliminar