domingo, 28 de outubro de 2012

De mil coisas ...


... é feito um dia, é feita uma vida. Algumas empolgantes (poucas ...) , algumas chatas e rotineiras.
Cozinhar pode ser as duas.
Às vezes é tarefa abominável, poucas, no que a mim diz respeito, outras, um desafio, uma descoberta, uma experiência em que se põe à prova os sentidos.

Frango, é daquelas coisas sem mistério, sem veleidades de surpresa. A não ser que o pensamento viaje e, então, tudo pode acontecer.

Este, em pedaços, foi temperado como se uma experiência de alquimista estivesse em curso.
Primeiro, uma generosa golada de vinho do Porto, coisa que por aqui, abunda;
Depois, os inevitáveis sal e pimenta;
A seguir, negra canela, exótico gengibre e arrogante noz moscada, que é aquele cheirinho com pretensões imperialistas. Onde chega, procura dominar, reduzindo a zero os restantes sabores e odores.
Cuidado com ela, pois!



Vamos, usar agora, o mais precioso ingrediente da culinária. O tempo.
Há que dar tempo ao tempo para que o galináceo se impregne da calda dos sabores.
De um dia para o outro será ótimo, que, como todos sabemos, é inimigo do bom.
Digámos, portanto, que um par de horas é o tempo mínimo de imersão.

Em fogo lento, devagarinho, tostamos cada pedaço. Com  vagares sádicos, porque o bichinho terá que sofrer lentamente, para dourar sem queimar.

É então transferido para uma assadeira. Aí receberá uma chuva de alecrim fresco e perfumado.

...acomodando-se os pedaços.
 Vamos combinar esta amálgama de sabores com um acompanhamento inusitado. Batata doce. Em rodelas. Com casca.
Exige um banho meticuloso, escova em punho. Sem dó nem piedade, esfrega-se e volta-se a esfregar, mudando sucessivamente as águas. Só quando esta se mostrar cristalina, se considera o tubérculo pronto. Nada de facilitar!

Algumas rodelas de laranja, sumo de uma e...

...pedaços de abacaxi, completam o quadro. No forno, a 180 graus, assa por 1 hora.

E o que era banal, transcende-se. Divertido, diferente, delicioso.

Beijos
Nina

30 comentários:

  1. Ficou muito bonito e devia estar delicioso! Eu tive a minha primeira experiência em forno de lenha. Cozinhei imenso: arroz de forno com enchidos, frango assado, entrecosto, lombo com batatinhas e tigelada. Foi um espetáculo. O sabor fica totalmente diferente. Bjkas

    ResponderEliminar
  2. Noossa ,que up deste ni frango! Lindo e deve ser ótimo! beijos,chica

    ResponderEliminar
  3. Que post mais delicioso! Não só pela receita mas pela poesia no feitio. Beijos, Paula

    ResponderEliminar
  4. Deve ser maravilhoso! E eu adoro batata doce!
    Beijos e te desejo uma ótima semana, com paz e realizações!
    CamomilaRosa

    ResponderEliminar
  5. Tem muito bom aspecto e devia ter ficado muito bom.
    Vou tomar nota para fazer num almoço de domingo. (dia em que tenho mais tempo). E gosto muito de batata doce. Uso bastante na cozinha ou não fosse eu madeirense(os madeirenses acompanham imensos pratos com batata doce).
    Tem uma boa semana. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Vou tentar fazer para minha mãezinha, ela adora esta combinação de salgado com frutas.
    Parabéns Nina pela deliciosa criatividade.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  7. Hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...que cheirinho! Que aspecto!

    Cheguei mesmo à horinha e vou servir-me!
    Acompanhas-me?

    Adoro frango e praticamente toda a carne de ave.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  8. ai, ai, ai, vou ter que fazer!
    adoro frango, sempre gostei muito.
    aqui em casa eu como frango de qualquer maneira, menos cru.
    as crianças (netos) já não gostam, mas faço quando não estão.
    essa receita deve ser deliciosa e vou fazer, depois te conto!
    beijos e obrigada pela dica.

    ResponderEliminar
  9. Passando para desejar um boa semana, querida. Bjos

    ResponderEliminar
  10. Nina!
    Posso passar aí para almoçar?!

    Tudo lindo e delicioso por aqui... Beijo

    ResponderEliminar
  11. Grande top chef.
    Sem dúvida muito acima da série que passa cá em portugal.
    Muito teriam que aprender contigo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Ese pollito se ve delicioso.
    Como dices, de muchas cosas se compone un día, y de muchas decisiones que tomamos a veces sin darnos cuenta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que pronto encuentres el sueño perdido.

      Eliminar
  13. Nina querida,

    Que vontade de ter a posse desta alquimia que te empolga e te invade ao preparar esta mistura de sabores e aromas...um dia eu chego lá.
    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderEliminar
  14. Nina, seu frango ficou com uma cara espetacular!!!!!
    Aguei aqui do outro lado da tela.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  15. Uau! Nina,

    adorei a dica! A noitinha fiz uma vinha d'alhos, como diz o livro de Da.Benta, e mergulhei umas sobrecoxas para amanhã e pode ter certeza de que usarei os ingredientes do acompanhamento que sugeriu, obrigadinha! De tanto ler as receitas de sua antiga cozinha, acostumei-me com a nóz moscada que é maravilhosa!
    Obrigada por querer-me por perto, a recíproca existe! Já pensou que se não fosse a Internet a gente ignoraria tantas afinidades pelo mundo afora? Que bom este avanço: "o homem e suas máquinas maravilhosas!"
    Uma maravilhosa semana pra você guapa(plagiando-a).

    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  16. Olá Nina
    Bom dia! Cá estou eu no meu petit déjeuner,comendo bolo de canela com frutos secos e salivando seu frango.Amiga,confesso que tinha saudades das suas inusitadas receitas.Com as férias escolares por cá,eu E marido estamos a semana toda de folga,mas trablaho terça e sexta,então será o marido chef esta semana.Logo desce e vou mostra-lo esta tua arte,ah estou desejando comer este frango.Que sua semana comece com surpresas agradáveis e te proporcione dias muitos felizes,bjkas

    ResponderEliminar
  17. This looks wonderful, I bet it smells amazing too :)) xx

    ResponderEliminar
  18. Oi Nina... que delícia, vou tentar fazer por aqui... beijosss!!!

    ResponderEliminar
  19. Olá! :)
    Não como carne, mas a ideia de associar os frutos foi excelente. Ficou com bom aspecto, estava saboroso?

    ResponderEliminar
  20. Ai....que fiquei com uma curiosidade incrivel e com vontade de experimentar! A isto chama-se o apurado instinto do "raffiné" ! Deve ser ótimo Nina!
    Obrigada querida pelas tuas doces palavras. Guardá-las-ei no coração. Muito obrigada
    Ternurento abraço
    Tua amiga sempre
    MB

    ResponderEliminar
  21. Oi Nina,
    Eu não sou muito chegada a cozinha, não sei porque, desde mais nova sou assim. Mas o que você fez está bonito de se ver(não tem como eu provar..rsss.,,..), imagino que esteja gostoso também..

    bj, e uma ótima semana...

    ResponderEliminar
  22. Que maravilha! Mostrando o passo a passo, capaz da serviçal, Clarice acertar.
    Mas vai implicar no colocar a nós moscada. Conheço a peça. Ou melhor, conheço a Clarice.

    ResponderEliminar
  23. HUmmmmm, Nina, que espetáculo... São só 9 e 40 e eu ja fiquei cheia de água na boca!!!
    Vou voltar aqui com mais calma para ver como se faz isso!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Puxa, deve ter ficado muito bom; gostei dos temperos colocados... único senão é que aqui em casa o frango se come sem a pele; aliás nada de qualquer pedacinho de gordura animal.
    bjinhos

    ResponderEliminar
  25. Você tem razão... minha mãe dizia que a pele/gordura sela a carne e mantém o sabor. Perfeito:)

    bjinhos

    ResponderEliminar
  26. Querida Nina,

    tenho sobrecoxas temperadas ontem e desde que você ensinou (na sua cozinha) comecei a usar a noz moscada seguindo sua dica e é mesmo ótima. Só me falta sempre o vinho, é bem difícil tê-lo em casa, não temos o hábito europeu. Tenho as batatas doces e laranjas e usarei como sugere, seu prato está apetitoso! Adorei.

    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  27. Nina, vou ter que provar essas suas misturas de especiarias,minha amiga maga da cozinha.
    Me pareceu delicioso.
    Sabe, que por aqui nunca vi batata doce,vou procurar.
    Espero que encontre.
    Tem coisas que aqui não conhecem,com chuchu eu até sonho...rsrs...
    Morro de vontade de comer couve também,aqui nunca viram.
    Nem a prima distante conhecem.
    Besitos e ótima semana

    ResponderEliminar