terça-feira, 9 de abril de 2013

Quando chove ...

... e faz frio, acendo todas as velas que tenho em casa.
É um sol artificial, bem sei, mas acalenta-me a alma


Numa mesa junto à lareira, o coração da sala, tenho este castiçal  leve, quase transparente, repleto de pingentes de vidro, sustendo uma quantidade de velinhas que têm o tempo de vida sincronizado com o serão.

Acendo-as todas e a nostalgia foge!

O fogo da lareira é uma excelente companhia. Para além de aquecer o ambiente, crepitando, anima o mais deprimido. Adoro acender a fogueira e, no verão, sinto saudades desta companhia.

No parapeito da janela, mais um monte de velas.
Da rua, olhando, pensarão que há festa, quando, afinal, apenas há vida, vida em festa, cada dia que passa, cada dia que chega.

Assisto a uma segunda rodada de nascimento de orquídeas.
Não sei que lhes deu ... em vez de repousarem os nove meses da praxe, não! Decidiram reflorescer para júbilo dos meus olhos.


E esta mesa nunca, mas nunca está arrumada.
Todas as noites, antes de dormir, escolho jornais e revistas, uns para o lixo, outros esperando leitura,  arrumo caixas, componho almofadas.
Para tudo recomeçar no dia seguinte, sinal que estamos num espaço vivo que nos serve, recusando a artificial perfeição da capa de revista.

Durante o fim de semana, quando frio, as tardes são passadas aqui.
É o momento dos chás e do bolo.
Recomeçando a rotina semanal, o bolo então maravilhoso, delicioso e irresistível, jaz abandonado, semicomido, semidegustado.




Durante a semana todos se lembram das normas, da dieta, dos malefícios do açúcar e cada quarta feira, quando despacho as sobras, ameaço ter sido este o último bolo que fiz... para, no próximo fim de semana, esquecer as ameaças e correr para a cozinha, preparando um outro.
É que sem bolo não há fim de semana.

Beijo
Nina

49 comentários:

  1. Eu é quando chove, quando faz sol quando está frio ou calor, velas é comigo. Tenho uma colecção impressionante de lanternas, candelabros, castiçais, lamparinas, velas em copos, personagens de mundos encantados, perfumadas, de soja, artesanais, flutuantes, de interior, de exterior, you name it, adoro velas. E é bem verdade que em dias frios e cinzentos, aquecem a alma, e nas noites de verão, dão um ar festivo, feérico, e mágico. Já te falei em Point à la ligne e em Bougie la Française? Dá um salto nos sites, vais adorar as novas colecções ;)

    ResponderEliminar
  2. Nina, mas que grande, grande post!
    Adorei as descrições, as fotos, a forma como falas das coisas, como pegas em pedaços de vida!

    Brilhante (como sempre!)

    Beijinhos,

    http://carpediemtome.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Adoro velas, tornam o ambiente super acolhedor! :D

    ResponderEliminar
  4. QUE LUGAR MAS LINDO Y ACOGEDOR...
    LAS VELAS Y ESE BIZCOCHO....TODO PRECIOSO.
    PERO SI EL FRIO ESPANTOSO NO TERMINA DE DESAPARECER.
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  5. Nina, este castiçal é maravilhoso!
    Dá vontade de acender velas até de dia!
    Adorei a visa da sua sala, com a lareira, muito aconchegante.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Uma "desarrumação" muito confortável!

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Gosto imenso de velas, proporcionam um ambiente romântico!

    http://ourchoices4u.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Também eu adoro velas e ainda mais o fogo a crepitar na lareira.
    Aprendi que uma casa tem que ser vivida.:)
    bji, querida Nina

    ResponderEliminar
  9. Ola querida
    Sem bolo não ha mesmo final de semana,este vou fazer na Sexta a noite.Ah,as velas,tambèm amo te-las,e olha que atè no verão gosto de te-las,pois usa sempre,mas sempre perfumadas.
    Sabe o ques into falta? Da lareira,cá em casa trocou-se a lareira por chofagem central(aquecimento)sinto falta deste barulho da lareira,em Portugal ficavamos mas tempo na sala por conta da lareira,amiga,linda noite,beijinhos

    ResponderEliminar
  10. eu tenho meio que trauma de velas.. uma má impressão de quando eu era criança.. não sei.. só sei ke me causam arrepios..rs.. bjokas lindeza e sucesso

    ResponderEliminar
  11. Que linda essa ideia das velas, nunca as usei assim, por pura beleza... Aqui sempre tiveram somente utilidade prática, de suprir a falta de luz dos apagões - nem mesmo "jantar à luz de velas" nunca fiz... Acho que preciso repensar suas utilidades. Talvez tuas orquídeas tenham florido de novo porque também gostam dessas luzes, não é? Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Olá Nina.
    Também gosto muito delas e gosto do ambiente que elas criam quando acesas. Fica mesmo acolhedor.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  13. Nossa, eu tbm adoro luz de velas, um uma luz indireta (e amarela) na casa, traz aconchego!

    Bjos

    ResponderEliminar
  14. A tua casa parece tão acolhedora! E com estes dias xoxos de volta da lareira e com velas a arder é que se está bem.

    Eu também tento fazer um doce, bolo, pudim todos os fins de semana, parece que sem doce não há sensação de que é fim de semana.

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  15. Subscrevo: sem bolo ou docinho não há fim de semana digno do nome.
    manela

    ResponderEliminar
  16. Velas além de iluminar o ambiente acrescenta charme.
    beijos

    ResponderEliminar
  17. Nina gracias por darme el dato del bolo de leche condensada. Mi marido es fanático de ese postre.
    las velas dan un ambiente muy romántico y cálido
    cariños

    ResponderEliminar
  18. Tudo tão aconchegante Nina. Sua casa demonstra claramente os cuidados de quem vive aí. Beijos querida.

    ResponderEliminar
  19. Olá Nina ,é muito gostoso ,ao fim de semana ,haver um bolo
    ou uns biscoitos , para adoçar a vida ,que bom que é ,
    isto no Inverno , porque no Verão ,não há nada como um
    delicioso gelado...beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Las velas no me traen buenos recuerdos, me hacen pensar en tiempos malos en que los chicos malos nos regalaban apagones de vez en cuando.
    Felizmente, son tiempos ya pasados.

    ResponderEliminar
  21. Nina,
    Eu também sou apaixonada por velas!
    Mesmo morando na terra do sol, no finalizinho do dia elas têm lugar garantido!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Infelizmente não tenho lareira, mas gosto muito de velas se bem que não as use como gostaria, mas o marido não lhes acha assim lá muita piada, então é só de vez em quando, mas por exemplo, no Natal tem mesmo de ser.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  23. Ai os bolos! Com um chazinho fazem um bem à alma! E agora quw estão para chegar os 25º de temperatura ( eu não acredito, mas enfim!) vou poder trabalhar a sério no jardim.
    Bons serões à luz das velas. Romântica!

    ResponderEliminar
  24. Faço o mesmo, torna o ambiente tão acolhedor.

    ResponderEliminar
  25. Nina, não gosto de velas, trazem recordações de muitas tragédias. Final de semana precisa ser comemorado, também faço bolo. Para mim bolo tem cheiro de fim de semana,

    Bjs

    ResponderEliminar
  26. Oi Nina... que delícia ver esta lareira e as velas, por aqui o friozinho também está chegando e nada melhor do que um calorzinho dentro de casa (embora o friozinho que eu me refiro não nem 1/3 do de vocês!)... meu marido quer fazer uma lareira em nossa nova casa, é um sonho dele, vamos ver, rsrsrs beijosss!!!

    ResponderEliminar
  27. Nina, também gosto de ter velas acesas, duas ou três, dessas e das aromáticas.
    Também gosto de ter sempre um bolo assim debaixo do vidro. Nem fiz hoje o outro porque nenhum de nós se decidiu pela última fatia. Acho que vai ficar para amanhã de manhã... torradinha com o chá.
    Lareira... só tenho em Joane e nela faço grelhados, quando lá vamos no tempo frio.
    Amiga, tens uma casa linda e tem-la com tanto esmero que até as orquídeas florescem 2 vezes!
    Um beijo e uma boa noite.
    Teresinha

    ResponderEliminar
  28. Nina queria, que postagem linda!

    Eu amo a luz das velas, o ambiente fica tão aconchegante e acolhedor!

    Suas orquídeas estão lindas, que belo presente elas te deram quando decidiram florescer novamente, não é mesmo?!

    E os bolos... ah os bolos... eu amo e também procuro fazer nos finais de semana. No domingo mesmo meu marido pediu, faz uma ganache para cobrir o bolo de chocolate que está na geladeira, ontem eu fiz, e hoje quando cheguei do trabalho ele me recebeu dizendo, o bolo está delicioso com a ganache, por isso mesmo preciso jogá-lo fora, ou acabarei comendo-o todo sozinho, rsrsrs.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  29. Adoro velas, ascendo sempre quando chego em casa no final do dia me trás paz.
    Beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  30. São interessantes esses hábitos que temos. E ai de nós se não os obedecermos!
    As velas, o chá, o bolo. Até a impressionante visita fora de hora das orquídeas, fazem parte de uma rotina, de uma vida gostosa que não pode sair dos trilhos.
    Detestamos a mesmice, chegamos a critica-la, mas não vivemos sem...
    Num clima como o de voces, na Europa, entendo essa necessidade de aconchêgo.
    E não há lugar no mundo mais gostoso do que a nossa casa, não é mesmo?
    Adorei conhecer mais um pouquinho de voce, minha querida amiga portuguesa. Beijos.

    ResponderEliminar
  31. Oi Nina,
    Adoro velas também, mas não gosto de acendê-las dentro de casa , só se ficar olhando para elas o tempo todo.
    rs
    bjs

    ResponderEliminar
  32. Sem bolo não há fim de semana. hehehe!
    Amei as fotos, aqui em casa sempre temos velas espalhadas, minha mãe também adora!
    beijos

    ResponderEliminar
  33. Quando eu era pequenina, bolo era só em dias de festa.
    Agora quando faço um bolo, é sempre uma festa, daí que os faço mais vezes.
    Velas não posso ter, pois a minha Leonor apagava-as todas :)
    mas adoro!
    Beijinhos
    Respondendo á tua pergunta, é um pé de morangos por cada vazo, mas os meus como ainda não os mudei, do ano passado, triplicaram os pés por vazo.

    ResponderEliminar
  34. Herrlich, Nina.
    Ich liebe deine Gedanken-Gänge.
    Schöne Impressionen, Kaminfeuer und Kerzen.
    Und ich sehe, auch du liebst Orchideen. Mit ein wenig Geduld kommen sie immer wieder.
    Mein Fenster ist voll davon.
    Es ist die einzige Blume, die meine beiden Katzen nicht anfressen :-)
    Liebe Grüße von Sophie xx

    ResponderEliminar
  35. Olá Nina!

    Gostei imenso do teu blog e já sou seguidora...
    Que lindas orquídeas que tens! Infelizmente as poucas que comprei murcharam todas... :(

    Beijinhos directamente dos Açores,

    Pipinha

    ResponderEliminar
  36. Velas, chimenea y un pastel, no hay nada más agradable para compartir.
    Las orquídeas son maravillosas.
    Un beso muy fuerte.

    ResponderEliminar
  37. Lindos os seus porta-velas. Todos muito bonitos.
    Apesar de gostar de velas, quase não uso. Só falta de costume mesmo.
    Um bolinho nunca dispenso. Adoro.
    Bjs, Nina.

    ResponderEliminar
  38. ummm...comerse un trozo de ese bollo al calorcito de esa chimenea...eso hace que te olvides de cualquier dieta!! disfruta de tu hogar, querida amiga. Un beso..y un placer visitarte!

    ResponderEliminar
  39. Que linda esta lareira!
    Lembrei da que eu tinha quando morava no Sul.

    Beijinhos,
    Nanny

    Você deseja que seu Blog, Site ou Página do Facebook seja destaque? Então acesse o blog http://parceriaedivulgacao.blogspot.com.br/p/como.html e veja como fazer

    http://abnttrabalhos.blogspot.com/
    http://minhadocebiblinha.blogspot.com/
    http://parceriaedivulgacao.blogspot.com/
    http://mulherrendeiraatelier.blogspot.com/
    http://reunindoforcasparaprosseguir.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  40. Adoro velas. São, sem dúvida, um conforto.

    Servi-me de mais uma fatia de bolo.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  41. Adoro velas. São, sem dúvida, um conforto.

    Servi-me de mais uma fatia de bolo.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  42. Lindas as velas (mas requerem cuidado - a Duquesa de York uma vez pegou fogo à casa com uma vela ornamental que deixou acesa!), lindas as orquídeas e lindo o bolo! Nham-nham!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  43. Nina, q delícia deve ser acender velas a cada dia que amanhece chovendo... Deixar em castiçais lindos como este com os pingentes em vidro! Quero um!!! Apaixonei!
    No friozinho do Outono tudo o q ando querendo é bolo, café e essas coisinhas... uma delícia!

    ResponderEliminar
  44. Olá Nina,

    infelizmente nunca estive num ambiente com lareira, nunca tive curiosidade mas, parece mesmo aconchegante, o barulhinho da madeira estalando é bom de ouvir e a luz das velas combinam bem com o ambiente. As orquídeas estão lindas! Quanto ao bolo, aqui jamais sobra e é saboreado com leite gelado!
    É minha linda, o inverno, assim como o verão nos climas temperados tem seus encantos, e você sabe tirar o melhor deles, parabéns!

    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  45. Oi, Nina
    Muito aconchegante e acolhedora sua casa...
    Gostei de tudo que vi neste post e a orquídea sente-se tão feliz em tua companhia que te presenteou fora de época!
    O frio, embora seja impertinente, às vezes, proporciona ótimos momentos, não é mesmo?
    Acho que todo mundo tem um lugar na casa que nunca fica arrumado!
    Beijinhos da
    Ju

    ResponderEliminar
  46. Olá Nina, um ambiente magnífico, quentinho e acolhedor. Beijinhos. Ailime (o comentário de ontem aqui também não ficou)

    ResponderEliminar
  47. A minha filha é que tem a mania das velas. Também acho bonito mas não me canso de lhe dizer para ter cuidado. Lembro-me sempre da história de uma colega minha que por se esquecer de uma vela acesa ficou com a casa ardida...

    O bolo também me agrada :))

    ResponderEliminar
  48. Não gosto de velas. Não criei hábito de acende-las. As raras que tinha, para as festividades de final de ano, foram doadas para o Bazar dos Animais.
    É muito bom se viver num lugar com as estações definidas.

    ResponderEliminar