domingo, 1 de setembro de 2013

Leipzig

Há tanto tempo regressada e ainda não consegui automatizar as minhas rotinas... 
Muita roupa esperando tratamento, muita operação a nível de plantas, muita compra para abastecer o frigorífico, muita limpeza de fundo a concluir, que, já se sabe, casa fechada suja muito, acumula pó que não dá para acreditar. Mas, assim é!
De modo que, descurando até o meu amado blog, tenho andado numa roda viva.
Neste fim de tarde, deixo imagens deLeipzig, uma cidade cheia de vitalidade, repleta de argumentos para ser visitada.
Cruzei-me com ela rumo ao sul e nela parei, nela me instalei, muda de espanto e veneração, por 24 horas.




Cada praça, cada recanto, é um bom espaço para eternizar os heróis da cultura alemã

E, familiarmente, entre os imortais, circulamos nós, os anónimos ...


Era uma tarde de sábado.
Uma tarde quente.
Nesta esplanada lotada, as pessoas ouviam música quase ao vivo, através de uma gigantesca tela.
A música, a arte e a cultura fazem parte do seu dia a dia.

Achei graça a esta montra.
Expõe fatos tradicionais do Tirol.
As alemãs usam-nos, tanto no dia a dia, como em eventos elegantes, orgulhosas da sua história e da sua tradição.
Como eles, apenas conheço os escoceses, com os Kilts!

Outro imortal!
Bach!
Convive amenemente com os passantes, com as tribos diversas que por aqui se aglomeram.

Ouvem-se os clássicos, em plena rua, sem pompa nem circunstância.
Eles, os IMORTAIS, repito, fazem parte do quotidiano desta gente.
Admirável gente!

Beijo
Nina

23 comentários:

  1. So imagino quantas coisas deves ter pra organizar...a gente fica meio atrapalhadinha para entrar na rotina...eu que so sai daqui por uns 10 dias voltei parecendo que estava fora do meu corpo.
    Como estao tuas suculentas? essas mesmo sem cuidados ficam bem..
    Beijinhos
    Sheila
    http://vidasuculenta.blogspot.ie/

    ResponderEliminar
  2. Lovely photo's..... nice done.

    Beijos, Joop

    http://joopzandfotografie.blogspot.nl

    ResponderEliminar
  3. E eu continuo à boleia! :)
    Deixa lá o pó! Sopra-o...:)

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Minha querida Nina
    O tempo é nosso melhor aliado. Com calma e serenidade tudo volta ao seu lugar. Lindas imagens. O lugar merece nosso olhar de admiração. Hoje vim deixar a sementinha da minha amizade para que ela germine e encha de nuances e aromas os encontros que teremos aqui neste maravilhoso mundo virtual.
    Uma ótima semana
    Beijos com ternura e afeto

    ResponderEliminar
  5. Que belo lugar, Nina!!!
    Eu amaria conhecer!!!
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Querida Nina,

    ou será Alice?... No post anterior, realmente, o Hotel das Artes é mesmo vindo de um sonho estranho, interessante!
    Então flor, a música erudita é "popular" em Leipzig? Deve mesmo ser um encantamento e são lindas as fotos que escolheu, os trajes da vitrina são bem românticos!
    Eu posso imaginar os tantos afazeres que você tem já que é uma pessoa dinâmica e quer tudo perfeito! De vagar tudo estará do jeito que você gosta e, enquanto isso, ficarei admirando as belas fotos que publica de sua maravilhosa viagem de férias!
    Um bom finalzinho de domingo!

    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  7. Boa noite Nina, que cidade fabulosa! Esta sim, penso que sem desprimor para outras cidades que já partilhou que me cativaria por alguns dias! Belíssimas fotos e a estátua de Bach soberba! E sobre o retomar da rotina é a parte mais aborrecida de quando se regressa. Dias e dias até que a ordem retome o seu devido lugar:))! Beijinhos e grata por mais uma excelente partilha.

    ResponderEliminar
  8. Uma cidade onde se respira cultura e civismo!

    Magníficas fotos!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. São lindas tuas recordações e quando voltamos parece ficamos mais lerdas,rs beijos,chica e ótimo setembro!

    ResponderEliminar
  10. Nina, continua a gostar muito desta viagem.
    Quanto à casa, pois já se sabe que uns dias fora altera logo a rotina. Por aqui também ando um bocado atrapalhada,na 2ªquinzena de Agosto tive cá filha/genro e netas. A casa ficou um bocado ao avesso. Agora é ir arrumando.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. A volta das férias é sempre um tumulto mesmo! Pena que por hora terminamos nossa viagem com você e suas adoráveis fotos pra gente sonhar. beijos

    ResponderEliminar
  12. Ojalá logres retomar la rutina pronto.

    ResponderEliminar
  13. Hola Nina sigo viajando y soñando con usted!

    ResponderEliminar
  14. Como gostaria de conhecer tal povo.

    Os espanhóis tb envergam os seus fatos com orgulho e os portugueses em épocas festivas. Conheces as roupagens das mordomas de Viana?
    Pois...Portugal não é só desgraças, felizmente.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

    http://ocarteiravazia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. Ola Nina
    Uma linda amostra de Leipzig, viajei contigo.
    Com o tempo tudo toma forma e seu lugar.
    Desejo que sua semana seja bastante produtiva e feliz,
    beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  17. I've never visited Leipzig, but it's definitely a place that's on my 'to visit one day' list. It looks lovely!
    Carly
    x

    ResponderEliminar
  18. Viajo com vc, Nina. Um dia quem sabe estarei aí sem preocupação de ser assaltada ou agredida.
    Mas, de olhos aberto para as belezas aqui mostradas.
    Qual sua máquina fotográfica?

    ResponderEliminar
  19. Oi Nina,
    É um povo admirável, sem dúvida. O Brasil tem estados com forte influência da colonização alemã, que teve início no século XIX. Rio Grande do Sul e Santa Catarina são os exemplos mais fortes.
    Maravilhoso circular numa cidade linda como essa, repleta de história e cultura em todas as suas manifestações!
    Beijo e uma ótima semana amiga!
    Ju

    ResponderEliminar
  20. Oi Nina,
    E quem disse que administrar a rotina é fácil? rsss
    Linda essa cidade, fiquei encantada e curiosa, ter os imortais acessíveis é realmente de ficar calada.
    bjs

    ResponderEliminar
  21. Oi Nina... eu ficaria por horas sentada em uma praça dessas escutando Bach... que viagem!!! Beijosss!!!

    ResponderEliminar
  22. O problema das férias é a roupa que se tem que lavar e passar:) A cidade é linda!Beijinhos

    ResponderEliminar