quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Limpezas!

Cheguei (chego sempre ...) de férias com a febre das limpezas. Limpezas profundas, daquelas em que não se deixa pedra sobre pedra.
Não sendo Primavera, a época clássica da faxina absoluta, não escapo nunca , regressada a casa, a esta ânsia de lavar, aspirar, encerar ...
Só que para ser trabalho escrupuloso leva muito tempo e, para não aldrabado, exige etapas não cronometradas, mesmo porque, estando a casa ocupada, servindo a rotina diária, impossível  se torna a dedicação exclusiva à barrela.
Posto isto, e ainda que regressada há quase um mês, continuamos (tenho ajuda, sim!) em plena fase de limpezas.
Um dia por semana, já se sabe, é o que nos espera.

Hoje foi dia de tirar cortinas da sala.
Penduradas pareciam limpas.
Retiradas do seu suporte, em monte no chão da lavandaria, esperando a entrada na máquina, metiam medo de tão sujas.

Seguiram pois para o banho. A 40 graus com centrifugação baixa.

Abençoado quem inventou este tecido!
Abençoado!
É que mesmo lavadas e centrifugadas, vão para o seu lugar dispensando o abominável ferro.
Invenção mais que maravilhosa! 
 Gosto de vestir as janelas com cortinas.
Aliás, além de cortinas ...

... tenho estores ...

... proteção ideal para o sol direto.
Os decoradores minimalistas acham que não. Acham que as janelas devem estar despojadas de panos que cortam o espaço e eliminam o horizonte.
Pontos de vista!
Discordo e apesar do panorama ser lindo, não abdico do conforto de cortinas, estores e reposteiros.

Para além da benção que são estes tecidos que dispensam ferro, tenho uma ajuda suplementar incrível:
-Uma máquina de vapor que estiriliza, lava, limpa e dá brilho.
Os próprios estores de tela são sujeitos ao seu tratamento e ficam como novos.
As casa de banho brilham. As vidraças resplandecem. A cozinha, sem detergentes e quase sem esforço, rejuvenesce.
A máquina a vapor (Vaporetta) dispõe ainda de um dispositivo que facilita a passagem a ferro do vestuário que, assim, adquire o ar de peça saída da lavandaria profissional.

Não pretendo fazer propaganda (gratuita, absolutamente gratuita! Queria eu que me pagassem ...!), mas apenas compartilhar uma dica.
No meio das inutilidades que adquirimos, esta máquina, depois de experimentada, transforma-se numa ajuda indispensável que merece cada cêntimo do seu preço.

Beijo
Nina

29 comentários:

  1. Uma "barrela" que faço uma vez por ano, precisamente depois do Verão.

    Gostei das fotos....muito!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Estes tecidos também dispensam o varal, aqui já os coloco no lugar,
    e que máquina maravilha!!!
    bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Também já fiz a minha limpeza anual! Apesar disso, penso sempre que precisava de o fazer pelo menos duas vezes ao ano. É que, habitualmente, limpo uma vez por semana, mas, lá está, não a fundo. O que me vale é que é com método: começo por aspirar, passo aos espelhos, wc's, pó e, no fim, esfregona. Mas nada dispensa a limpeza a fundo! Também sou muito prática, de forma a não ter tanto trabalho! Bjs

    ResponderEliminar
  4. o vidro ficou brilhando ! eu bem que precisava de um vaporetto em casa

    ResponderEliminar
  5. Nina, as limpezas bem feitas, só mesmo com vontade para se obter resultados.
    Também eu já as comecei, mas entretanto chove 5 minutos e depois pára, e é assim durante o dia. Vamos lá ver se o tempo melhora!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Oi Nina!!!
    Adorei as cortinas mas quero ver a "máquina maravilha"!!!
    Eu estou comprando qualquer coisa, que facilite o meu dia a dia!!!!
    Grande beijo!!!

    ResponderEliminar
  7. Nininha, mas onde estás, minha querida? No Brasil?
    Em casa da Simone? Uau!
    Desculpa mas já não me apetece falar da tua Vaporeta porque a minha está arrumadinha a um canto....Quero é agradecer-te esta "alô" e teres a amabilidade de te lembrares desta "ingrata"! Nem imaginas a minha vida.
    Agora é na Casa da Sophia de M. Breyner mas não para o chá...
    Diverte-te e descansa
    Beijinho grande
    E
    Outro para a Simone

    ResponderEliminar
  8. Nininha, mas onde estás, minha querida? No Brasil?
    Em casa da Simone? Uau!
    Desculpa mas já não me apetece falar da tua Vaporeta porque a minha está arrumadinha a um canto....Quero é agradecer-te esta "alô" e teres a amabilidade de te lembrares desta "ingrata"! Nem imaginas a minha vida.
    Agora é na Casa da Sophia de M. Breyner mas não para o chá...
    Diverte-te e descansa
    Beijinho grande
    E
    Outro para a Simone

    ResponderEliminar
  9. Que linda! Deu até prá sentir o frescor, aproveitar o cheirinho de recém lavadas das cortinas - do jeitinho que um lar de verdade deve ser...

    Beijos!

    ResponderEliminar
  10. Nina, mostra que maquina eh essa. A foto dela. Sim, porque deve ter vários modelos.
    Nem quero mais amontoar coisas em casa. Mas lavar os vidros de janelas, cerâmicas dos banheiros, mais eficientemente, me interessa.
    Nossas cortinas, quando lavadas vão direto para os trilhos.
    E nAo eh desse tecido da sua.

    ResponderEliminar
  11. Lo más pesado de hacer la limpieza es que hay que hacerla, ja, ja. Ni modo, además qué bien nos sentimos cuando vemos todo limpito y brillante, ¿no?

    ResponderEliminar
  12. ahhh la unica manera de que no hayan cucarachas es limpiar, limpiar y limpiar.. que trabajo da una casa ,, no?

    ResponderEliminar
  13. Nossa nina me lembrou q antes q venha o inverno tirar minhas cortinas p lavar q devem sair tão sujas qt as suas olhando parece limpas mas na água vemos o qtcestavam sujas

    Tb gosto de mais aconchego e mto sol entrando me incomoda um pouco

    Bjs rose jp

    ResponderEliminar
  14. Oi Nina, eu também gosto de cortinas, dão um ar de aconchego à casa.
    Também tenho essa máquina a vapor e adoro! Muito útil e eficiente!
    Bjs e ótimas faxinas!

    ResponderEliminar
  15. Confesso que não sou grande fã de cortinas ou cortinados, prefiro os estores, ou japonesas, de cor clara e que por norma estão sempre abertos para deixar entrar luz e sol :)

    ResponderEliminar
  16. Eu também faço o mesmo aos meus cortinados. Ficam muito bem e quando podemos poupar-nos...melhor!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  17. Bom dia Nina!
    Que linda ficou!
    É muito bom sentir o frescor da nossa casa depois de uma limpeza!
    adorei o ver o verde atraves da porta de vidro!
    uma linda semana para você!
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  18. Nina, vou esperar a máquina ou o modelo da sua máquina de vapor. Esqueça não, viu?
    Sim, Nina estou jogando fora todas as fotos "física" que tenho em albuns.
    Cheguei a conclusão que os albuns ocupam espaço e não tem utilidade.
    As vezes que os filhos se interessaram de se vê, em criança, por ex, é tão pouca, mais tão pouca, que não vale a pena, guarda-las, acredita?
    Umas poucas, muito poucas, estou escaneando. Mas a maioria já foram para o lixo.

    ResponderEliminar
  19. Oi Nina!
    Obrigada pela visita:)
    Quando a gente volta das férias é sempre assim mesmo... Sai organizando e limpando tudo;)
    Beijos!

    ResponderEliminar
  20. Nina saludos y como siempre bien organizada.

    Ale
    Costa Rica

    ResponderEliminar
  21. Também não consigo imaginar a minha casa sem cortinados...nah! :) Os meus são do mesmo material...é uma maravilha. Até os ponho a secar direto no varão! :))

    ResponderEliminar
  22. Nina, é muito bom limpar tudo, renova as energias da casa, este vaporetto é tudo de bom !
    Beijos
    Ângela

    ResponderEliminar
  23. A mí este año me ha durado mas de lo normal, me la tomé con calma ;)
    un beso

    ResponderEliminar
  24. Bom dia Nina, na verdade temos essa tradição de, depois das férias, fazer toda essa limpeza que antigamente me deixava de rastos (ultimamente mudei o hábito;))! No seu caso fica tudo esplendoroso e esse recanto que partilha quase dispensava as cortinas de tão lindo que é com esse arvoredo que quase parece uma tela! ! Só que na minha modesta opinião as cortinas ou cortinados como queiramos chamar-lhes proporcionam um aspecto mais acolhedor. No meu caso não as dispenso também para quebrar a luz que tanto me incomoda;)) apesar de adorar o sol! E fiquei muito curiosa sobre a sua "Vaporetta"! Gostaria que se conhecesse a acção do Rainbown (e desculpe mencionar aqui a marca) o meu grande ajudante actualmente se vale mesmo a pena a diferença! Está-me a parecer que sim. Beijinhos e obrigada.Ailime

    ResponderEliminar
  25. Oi Nina, eu bem que queria um Vaporetto aqui em casa, vou pedir para o papai Noel, rsrsrs beijosss!!!!

    ResponderEliminar
  26. Querida,
    Já comentei sobre a "vaporeta" no outro post, mas lendo este me convenci ainda mais! Vou tratar de providenciar, sobretudo porque não tenho empregada (ai, que saudade da Rose!!!!) Quem é a Rose? Uma santa criatura que me ajudava quando eu morava na Bahia... Vim para outro estado e a Rose ficou... Ai, ai....
    Beijos do Brasil!
    Ju

    ResponderEliminar