domingo, 1 de junho de 2014

1121 - Polvo

No Algarve, gosto de quase tudo, mas há algo que me desagrada. Falo do serviço nos restaurantes, de um modo geral desorganizado e  muito lento.
Come-se uma cesta de pão e azeitonas, bebe-se uma imperial e espera-se. Nesse momento estou pronta para , sem fome, pagar e zarpar.
Não sei se é amadorismo, se é o ritmo normal das pessoas, não sei e peço desde já perdão às muitas excepções de brilhante profissionalismo que, afinal, apenas confirmam a regra.
Uma das excepções, uma admirável excepção, situa-se em Santa Luzia, nos arredores de Tavira e dá pelo nome de Tasquinha do Polvo.


É de um bom gosto irrepreensível, na apresentação.

Sendo um espaço relativamente pequeno, apresenta um aspeto muito agradável, harmonioso e acolhedor.
Revejo-me nesta decoração. Se fosse meu, certamente que optaria por este arranjo geral. Com uma excepção:
-A cor das toalhas aos quadrados.
Nunca escolheria a junção branco e verde, preferindo, sem qualquer dúvida o azul e branco.

Em local de destaque, o polvo, o rei da festa, a estrela da companhia!

E barquinhos típicos ...

... além de cestas de laranja algarvia, a inexcedível laranja algarvia!

Multiplicam-se os detalhes admiráveis, nas paredes ...

... suspensos dos tectos ...

... e sobre as mesas, com perfumadas rosas verdadeiras.


A jóia da coroa - um painel que forra toda uma parede, sugerindo o fundo do mar!
Neste espaço só se pode estar/ comer bem!

Mais tarde deixarei o perfume dos pratos - sempre polvo - aqui servidos, para que, quem puder e quiser regalar-se com a iguaria,  aguce desde já o apetite.

Beijo
Nina

27 comentários:

  1. UAU! Que ambiente lindo, rico em detalhes que mostraste muito bem. Adorei o polvo! beijos,bom proveito! chica

    ResponderEliminar
  2. Lindo Nina,super acolhedor,n conheço,uma boa diga.
    Um lindo Domingo,beijinhos

    ResponderEliminar
  3. What a fabulous restaurant, Nina! I bet the people there are always happy and it would feel like a party going on inside! Thanks for sharing this - it makes me want to go out and find a fun restaurant tonight!

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida, um espaço agradável!
    As fotos estão maravilhosas.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. A mí me desespera esperar en un restaurante. A veces, más que la calidad en la comida valoro que la atención sea rápida. Más de una vez he tenido ganas de levantarme e irme sin pagar como protesta por el mal servicio.
    En cuanto lo que cuentas acá, el sitio se ve estupendo.

    ResponderEliminar
  6. Oi Nina, que lugar mais aconchegante e eu como sempre apreciadora de iguarias diferentes sou a única da família que gosta de polvo, rsrsrs beijosss!!!

    ResponderEliminar
  7. QUE LUGAR MAS LINDO!!!
    ME ENCANTA.
    ESOS AZLEJOS...COMO TANTOS HERMOSO DE PORTUGAL
    LINDO PASEO.
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  8. os azulejos fazem-me lembrar os do restaurante Abadia, uma rua em frente á relojoaria Marcolino, no Porto, bem perto de Santa Catarina. Vivo em Valongo e a minha mãe é da terra do bom cabrito assado e anho assado, do Marco de Canaveses e como tal, aqui em Valongo, quando almoçamos fora, tentamos pedir sempre o assado. Aqui em Valongo, come-se muito barato, na estrada que vai para Recarei, ao pé de Terronhas.. existem dois restaurantes, tipo Adega que estão sempre cheios, e o serviço lá é rápido, a comida até é boa e pagamos muito barato...penso eu. Para 3 pessoas, é sempre uma dose para os meus Pais e meia dose para mim, de outro prato, com refrigerante, vinho para os Pais, café, pão e geralmente pagamos menos de 25 euros. Quando vamos para a Figueira da Foz, paramos nos " Oliveiras " na saída que diz Cantanhede, penso eu... na Figueira também se tem comido bem, mas apenas em alguns restaurantes. Se um dia for ao Marco de Canaveses, tente ir á Lareira ( atrás da Galp de Tuías ) e prove o assado de lá. Não se vai arrepender. beijos e continuação de um bom Domingo

    ResponderEliminar
  9. Ingrata!
    Estava aliviado a pensar, finalmente a Nina deixou os novelos e agulhas e foi viajar.
    Dou por mim no Algarve que tao bem conheco e neste espaco recordo a pensar como viria o polvo, absorvendo ja o seu odor na foto reportagem e ...
    Na ultima, fiquei no Oceanario.
    Nao se faz!

    ResponderEliminar
  10. Linda e querida Nina, que saudade... ando um pouco afastada pois estamos com um familiar adoentado,e isso tem me ocupado por demais. Mas eis que aqui estou para matar a saudade! Belo lugar, agradável e com jeito de fazer pratos deliciosos!
    Beijo querida e uma linda semana,
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Boa noite Nina, que bom aspecto esse restaurante! Adorei a decoração! Um espaço muito agradável que me deixou curiosa;))!
    Vou então aguardar o "perfume dos pratos" de polvo, pois decerto vou adorar!
    Um beijinho, Ailime

    ResponderEliminar
  12. Oi Nina, adorei esse restaurante.
    Me encantei com a decoração.
    Hummm eu adoro comer polvo.
    Beijos e boa semana

    http://criandoartescarla.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Wie schön, Nina...
    ein wundervolles Lokal, wo das Essen bestimmt köstlich war.
    Beneidenswert...
    Die Fliesen sind so beeindruckend, originell mit diesen prächtigen Fischen.
    Das erinnert mich an die berühmten blauen Delfter Fliesen.

    Umarmung und Kuss
    Sophie

    ResponderEliminar
  14. Eu sou apreciadora incondicional de polvo. Gosto de todas as formas como é confecionado, o importante mesmo é que seja tenrinho como manteiga. Se algum dia for para as bandas algarvias, fica já anotado o nome deste espaço!
    Beijinhos e uma boa semana

    ResponderEliminar
  15. Querida Nina,
    quem espera... desespera!... Mas um polvo bem confecionado compensa a espera!
    Em S, Miguel o polvo chega a ser prato do dia, pronto a sair, guisado ou assado no forno, ambos com vinho de cheiro, desde o restaurante mais chique, onde a diferença está, às vezes, apenas no preço, à tasquinha mais rústica... onde se faz conversa com outros comensais e até com a cozinheira!... A receita é declamada... em versos que convidam a um bis! Mas acaba por ser igual em todo o lado, mais pimenta menos pimenta! O polvo é que é o segredo: salta, logo ali, do mar para o tacho!...
    No Algarve, como em S. Miguel, o polvo é delicioso, mesmo sem o vinho de cheiro!!!
    Gostei do painel de azulejos e as toalhas teriam de ser realmente azuis, concordo contigo. Mas o polvo estava bom, não estava?
    Aproveita bem a tua escapadinha!
    Beijos

    ResponderEliminar
  16. coisa ke me irrita é falta de comida ou comida atrasada.. sou morta de fome desde criancinha.. e impaciente.. juntando as duas coisas imagina se tenho paciência pra esperar ser servida..rs.. bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderEliminar
  17. Apetite aguçado!
    Quando passar por Tavira...vou parar e provar!
    E (a)provar!!! Bj

    ResponderEliminar
  18. http://www.mytaste.pt/r/polvo-assado-e-outra-receita-com-o-molho-10911557.html
    Algumas receitas minhas estão no "My Taste". Esta foi uma que coloquei no meu blog em 28.12.12. Mas este polvo foi cozinhado cá, em Coimbra, não é aquele belo polvo dos Açores, nem do Algarve! Acho que até era congelado... só este fica assim aguado!... Mas podes fazer que fica bom. Ganha é muito molho, mesmo sem pingo de água! Onde se lê vinho tinto, leia-se vinho de cheiro (cá pode ser substituído por morangueiro... mas não é a mesma coisa!) e fica o de S. Miguel!!! Na versão de guisado, aloura-se a cebola no azeite e o resto é igual, mas ao lume, num tacho.
    Boa cozinheira que és, até vais dar o teu toque... e depois quero eu a receita!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  19. http://www.mytaste.pt/r/polvo-assado-e-outra-receita-com-o-molho-10911557.html
    Algumas receitas minhas estão no "My Taste". Esta foi uma que coloquei no meu blog em 28.12.12. Mas este polvo foi cozinhado cá, em Coimbra, não é aquele belo polvo dos Açores, nem do Algarve! Acho que até era congelado... só este fica assim aguado!... Mas podes fazer que fica bom. Ganha é muito molho, mesmo sem pingo de água! Onde se lê vinho tinto, leia-se vinho de cheiro (cá pode ser substituído por morangueiro... mas não é a mesma coisa!) e fica o de S. Miguel!!! Na versão de guisado, aloura-se a cebola no azeite e o resto é igual, mas ao lume, num tacho.
    Boa cozinheira que és, até vais dar o teu toque... e depois quero eu a receita!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  20. Polvo não me aguça o apetite!! Detesto tudo o que seja peixe,apenas gosto de douradinhos de pescada!! Beijinhos e muito sucesso para ti!! Desejo muita paz e alegria!! mundomusicaldacarolina.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  21. Também me queixo dessa demorar em servir os pratos, enquanto enganamos a barriga com pães, azeitonas, etc.
    Gosto de polvo. Mas aqui não é comum.

    ResponderEliminar
  22. Pelas fotos achei o restaurante muito agradável. Nessa zona do Algarve consegue-se comer bem. Pela parte que me toca gosta muito de polvo.
    Costumo fazer uma salada muito boa.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  23. Você nem imagina como fico feliz em passar por aqui e me deparar com imagens tão lindas. beijos

    ResponderEliminar
  24. Olá Nina,

    realmente tem um bonito aspeto. Este não conheço mas um dia quando for para os lados de Tavira hei-de procurar.
    Aqui no Algarve há muito bons restaurantes, principalmente se fores para o interior. Se um dia fores até Cortelha que fica depois de Loulé, na estrada que vai para o Barranco do Velho, Cortelha é um, pouco mais à frente e o restaurante fica em frente às bombas de gasolina (acho que é o único que lá existe). Bom, come-se lá muito bem e tem de se ir cedo para ter mesa, embora o restaurante seja grande. Tem comida típica algarvia que é um verdadeiro regalo:))

    Beijinhos
    São

    ResponderEliminar