segunda-feira, 23 de junho de 2014

1137 - A minha vida no campo! Parte II

Bem sei que, no supermercado, posso comprar toneladas de tomates. Bem sei ...
Mas não é a mesma coisa!
Estes nascem e crescem à frente dos nossos olhos e podem ser colhidos sempre que nenecessário

Tal como as abóboras ...

... e os pimentos ...


...e tudo mais que por ali cresce.
Acho graça, sinto vontade de plantar para comer. Uma coisa ancestral, parece-me.
Dizem que sou uma romântica, uma sonhadora, que nada como a obrigação de cuidados diários intensivos, para me obrigar a aterrar em terra firme, fugindo da agricultora a sete pés, para, arrependida, correr para o seio consumista de um bom hiper mercado.
Se calhar, os críticos/cínicos têm razão, mas, como, por enquanto, sonhar é gratuito e não paga imposto, suspiro e devaneio olhando tomates e pimentos!

Beijo
Nina

28 comentários:

  1. Cuidar da horta e nela encontrar algum do nosso sustento...é uma sensação única!

    ResponderEliminar
  2. Esos tomates, pimientos, calabazas...
    Tienen un sabor exquisito.
    Besos.
    Chary :)

    ResponderEliminar
  3. Imagino que divagas em como cozinhá-los!!!

    Que fotos maravilhosa!
    Diria:

    "Do campo para o tacho"!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Imagino que divagas em como cozinhá-los!!!

    Que fotos maravilhosa!
    Diria:

    "Do campo para o tacho"!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Ohhh que maravilla poder cosechar esos tomates ! Usted si que disfruta de su vida de campo Nina querida ¡

    ResponderEliminar
  6. Oi Nina, adorei ver essa maravilha que vc tem em sua propriedade. Poder colher frutos e legumes no jardim, é mesmo uma riqueza.
    Beijos querida

    ResponderEliminar
  7. Boa noite Nina, na verdade nada paga essa maravilha de poder colher os frutos do campo! Ai os sabores, os aromas que ficam gravados para sempre! Saudades nesse aspeto de tempos idos! Desfrute o máximo! Bjs Ailime

    ResponderEliminar
  8. Como é bom ver e ter por perto tudo isso! bjs, linda semana!chica

    ResponderEliminar
  9. Es lo bueno de soñar, ¡es gratis! Es lo malo de soñar, ¡es gratis!

    ResponderEliminar
  10. Oi Nina!!!
    Que beleza!!!
    Eu tb gosto disso!!!
    Boa semana!!!
    Bjos!!

    ResponderEliminar
  11. Que maravilha, tudo deve servdelicioso.
    Beijo Lisette

    ResponderEliminar
  12. Nem é nada que seja difícil. Basta regar e verificar se há bicharocos, se for caso disso é retirá-los à mão sem os matar e a horta cresce que é uma beleza. Na minha horta crescem tomates e tomates cereja, beringelas, feijão verde, pimentos, courgettes, ervas aromáticas, cebolas, morangos, e outros frutos vermelhos, e árvores de fruto, e olha que isto é uma horta de cidade, ou vila vá, que Cascais é uma vila :), e tenho um filhote pequeno, e trabalho, e tenho tempos de lazer e dá para tudo. Por isso, os citadinos que te dizem que mudavas logo de ideia, é porque são comodistas ou preguiçosos e porque não te conhecem assim tão bem:P, porque comodista todos nós sabemos que não és Nina, não és mesmo! :)
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Nina, eu tenho horta (não aqui), e nada como colher um legume bem fresco e biológico para depois o comer.
    Nos hipers, por vezes é tudo de estufa e não sabem a nada.
    Continua agricultora que te estás a sair muito bem.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Oi Nina, dá trabalho mas vale a pena ver algo que plantamos nascer da terra, nós por aqui também temos este prazer... beijosss!!!

    ResponderEliminar
  15. Que espaço bom esse seu!!. È um privilegio poder fazer essas plantações.Os tomates estáo lindos. Bjs

    ResponderEliminar
  16. produto biológico...nada mais a acrescentar! boas colheitas! :))

    ResponderEliminar
  17. Ai, não, Nina querida! Não te cures desse mal nunca! É tão prazeroso acompanhar a vida brotando da terra, que mesmo se você não comesse os tomates, eles já te alimentariam a alma! Eu também sofro desse mal, adoro comer o que planto, é maravilhoso e ancestral mesmo!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  18. Nada como plantar e colher seus frutos livres de agrotóxicos ...também adoro por as mãos na terra .. É uma benção!! Beijinhos Lígia e =^•^=

    ResponderEliminar
  19. Nina eu gosto disso também , dessa possibilidade de semear, cuidar e colher! Tão natural como nossa natureza é! E com certeza muito mais saboroso!
    bjs Nina

    ResponderEliminar
  20. Hola Nina:

    Que buenas fotos y que ricos frutos!
    Saludos desde Costa Rica

    ResponderEliminar
  21. How wonderful summer is when we can grow our own fruits and vegetables! I know you will put them to wonderful use in a beautiful dish, Nina!

    ResponderEliminar
  22. Nina, não tenho horta porque moro em apartamento, mas amo uma hortinha. Adoro! Nada como colher seu alimento no quintal da sua casa... Beijos

    ResponderEliminar
  23. Não é mesmo uma vida fácil Nina! Dependendo do tamanho do pode ser um trabalho a tempo inteiro...
    Mas depois vem a apanha e parecemos esquecer todo o trabalho que deu e encontramos aqueles sabores que por vezes nos surpreendem pois não existem no supermercado...
    É um saldo difícil de fazer :)
    Mas não há nada que bata um tomate apanhado maduro!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Oh eu também gosto de colher os produtos cultivados por mim.... Não sei, mas sabe melhor do que ir ao supermercado...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  25. Há quase um ano plantei abóbora. Cresceram, mas abóboras nunca apareceram.
    O espaço é pequeno(jardim do Edifício) mas bem cuidado.

    ResponderEliminar
  26. Mas que beleza!! é uma delícia mesmo colher o que plantamos literalmente!

    bjinhos

    ResponderEliminar
  27. A verdade é que é tudo muito mais saboroso. Se pudesse comprava directamente ao agricultor. O sabor do tomate, uma delicia. E o feijão verde tão tenrinho e saboroso. Tenho uma colega que tem uma pequena horta e às vezes oferece-me umas coisinhas. Tudo muito bom. Vai sonhando com a tua horta. Felizmente ainda não pagamos impostos pelos nossos sonhos. Beijinhos.

    ResponderEliminar