quarta-feira, 2 de julho de 2014

1144 - Importante ...


...mesmo é não ganhar peso, não engordar.
Por isso a pesagem diária faz todo o sentido, permitindo agir assim que, no horizonte, se vislumbra a ameaça de pneu.
Procurar emagrecer, é uma coisa diferente, é ter de atuar através do corte de alimentos, da fome!
Ora, ninguém nasceu para sofrer. Aguenta-se a restrição por pouco tempo. Perdem-se quilos que rapidamente serão recuperados, com acréscimo de mais alguns. É horrível. É a terrível dança do ió-ió, que ora desce, ora sobe!

Estamos, portanto, face à  a velha história do " ... mais vale prevenir do que remediar!"
Assim sendo, é no dia a dia, sem grandes sacrifícios, sem fomes demolidoras, que se consegue preservar a saúde e o aspeto, este igualmente importante, atendendo a que se reflete na auto estima.
Como em tantas outras situações, comer bem passa pelo hábito e pela (re)educação focada  no ato de comer.

Quase completamente de forma auto didata, procuro incrementar a escolha e preparação dos alimentos, pretendendo comer de uma forma deliciosamente saudável.

A dieta mediterrânica fornece as indicações básicas - muito verde, muita fruta, leguminosas, peixe sem limite, pouca carne, gorduras saudáveis e quase nada de açúcar.
Estes principíos básicos  colidem violentamente com o fast food, privilegiando o slow food.
Enfim, dispondo dos conhecimentos básicos, invento, recrio e incremento :

Bacalhau gratinado com camarão
Esta a versão light do maravilhoso Bacalhau com Natas!
Coisa mais deliciosa!
Proibida, porém,  repleta de gorduras!
Há que dar a volta ao texto.
Faço assim:

Cozo bacalhau (que desfaço em lascas, sem peles nem espinhas), dou uma leve fervura ao camarão (2 a 3 minutos), que a seguir descasco; cozo as batatas (em vez de as fritar)
Reservo o líquido da cozedura e com ele preparo um bechamel espesso, esquecendo as natas.
Preparo uma cebolada com azeite (uma gordura saudável) onde incluo tomates, pimentos, alho e, naturalmente, a cebola.
Junto-lhe o bacalhau e as batatas cortadas em cubos. Acrescento parte do bechamel.
Disponho num refratário a mistura que cubro com os camarões e com o restante bechamel.
Gratina levemente antes de servir.

É, assim, quase um prato de cozidos.
Gordura quase nula, apenas um pouco de Becel para preparar o bechamel.
Caloricamente correto.
E assim, sem culpa, sem remorsos, sem ameaça de Michellin, um prato amigo da balança e muito amigo do paladar!

Beijo
Nina

29 comentários:

  1. Oi Nina, adorei a sugestão.
    Parece delicioso amiga.
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Tem um aspecto apetitoso. Calhava mesmo bem ao jantar...
    manela

    ResponderEliminar
  3. Digo sempre...somos o que comemos!

    Temos que pecar um pouco...depois volta-se ao normal.

    Vou ficar com a receita! O aspecto é divinal!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Digo sempre...somos o que comemos!

    Temos que pecar um pouco...depois volta-se ao normal.

    Vou ficar com a receita! O aspecto é divinal!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. casi siempre las versiones light no son muy ricas ! la felicito por ese rico bacalao
    besos

    ResponderEliminar
  6. Aí está o segredo da tua elegância, comer com intelegência, parabéns,
    beijos Nina

    ResponderEliminar
  7. Com certeza sua receita deve ter ficado uma DELICIA, deu até água na boca ao ver o seu post... Huuuuuuuuuuuummmmmmmmmmm!!!
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)
     
    http://decolherpracolher.com.br

    ResponderEliminar
  8. Excelente post, adorei a ideia vou fazer no fim de semana, obrigado pela partilha.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  9. O tal do Michelin ningué,m merece,rs E esse teu prato está de dar água na boca. E light!! muito bom! bjs,chica

    ResponderEliminar
  10. Oi NIna, no meu aniversário eu pedi que fizessem um bacalhau com natas, mas sem fritar as batatas, ficou delicioso, agora tenho mais esta receita para acrescentar ao meu livrinho, rsrsrs que delícia!! Beijosss!!!

    ResponderEliminar
  11. Nina de facto um prato muito mais saudável do que o célebre bacalhau com natas. E deve ser muito bom. Quando tiver cá os meus vou experimentar. De certeza que vão gostar. Obrigada pela partilha. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Boa noite Nina, concordo absolutamente com os seus pontos de vista! Há que saber contornar certos aspectos substituindo-os por outras versões, que neste caso proporcionou um prato delicioso, com óptimo aspecto e muito saudável! Uma receita a reter;))!
    Beijinhos e obrigada!
    Ailime

    ResponderEliminar
  13. Nina que prato delicioso. Meu caso é perder e não é pouco, mas não é nada fácil.
    bjs
    Edi
    meu lado arteiro

    ResponderEliminar
  14. Até agora nunca me passou pela cabeça substituir as batatas fritas por cozidas.Óptima dica. Obrigada. As natas já não incorporo há muiiitoo.

    Boa Noite*

    ResponderEliminar
  15. Nem me fale em pneus , estou acumulando, preciso de dieta urgente!!! kkk
    esse bacalhau nunca provei , deve ser bom! bjs

    ResponderEliminar
  16. que bom aspeto. Eu substituo as batatas por alho francês e fica muito bom!

    ResponderEliminar
  17. Olha que ficou mega apetitoso :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Qué rico Nina, e que importante é ter unha dieta saudable e completa para sentirnos ben connosco. Bicos.

    ResponderEliminar
  19. A aparência é iguala do nosso bobó de camarão... ah, mas como comer esta delícia e pensar em dieta?...

    ResponderEliminar
  20. Concordo plenamente contigo.
    Cá em casa também funciona assim.
    Há muito tempo que modifico as receitas de acordo com aquilo que sei sobre a alimentação saudável, e funciona muito bem.
    Obrigada pelas dicas, pois ajudam em muito.
    Quanto ao prato do bacalhau, já não há nenhum, pois é?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Tentei comecar uma dieta, mas descobri que o que preciso mesmo eh de uma reeducacao alimentar... Ta dificil, viu??? Tenho fome a cada 1 hora e me seguro sempre que posso, mas pouco consigo me segurar...
    Entao, resolvi caminhar todos os dias. Sinto meu corpo bem melhor, por fora e por dentro. Eh uma boa pedida viu?? Sair do sedentarismo!! rs...

    Quanto a comidinha... amei logo de cara quando vi o CAMARAO! sou apaixonada.
    http://juliamodelodemodelo.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  22. Parece-me que não há nada mais importante do que isso: cuidar da nossa alimentação, afinal há quem diga que nós somos aquilo que comemos!
    Parabéns, a receita parece deliciosa, se lhe tirar os camarões (sou alérgica)!
    Obrigada, Nina! :)

    ResponderEliminar
  23. Que receita maravilhosa, Nina! Já aprendi e vou fazer, com certeza. Sou fã incondicional dos camarões e do bacalhau, se tiver mais algumas dessas vou adorar conhecer.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  24. Mas que delícia, Nina! Encanta-me sua criatividade na cozinha. Eu não sei deixar mais lights as receitas... e bem que estou precisada de emagrecer uns 5 kg... :/
    Abraço!

    ResponderEliminar
  25. Eh assim mesmo flor. Eu passei varias vezes pelo efeito sanfona e pra mim a pesagem diaria eh fundamental. Sem noia, sem ansiedade, me peso de manha e a noite.. De boa mesmo!!

    Nada proibido eh bom, pq tende a perder o foco com rapidez e gosto de metas alcancaveis. Cortei refrigerante com metas a curto prazo.

    Eu me conheco e descobrir que assim eu sou mais determinada..

    Eh isso mesmo!! Super concordo!! Beijos flor!!

    ResponderEliminar
  26. Caríssima,

    que prato delicioso! E como você disse, levinho. Receita anotada Nina, obrigada por dividir com a gente!

    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  27. Que loucura, amiga. Ou melhor, que deliciosa loucura.

    ResponderEliminar