terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

As camisas do marido.


As camisas do marido têm o irritante hábito de, repentinamente, aparecerem com o cololarinho e punhos em muito mau estado, enquanto que as frentes, costas e mangas se apresentam impecáveis.
É assim comigo e, tenho a certeza, será assim convosco.

Até há bem pouco tempo, observando o triste aspeto do colarinho, dava à camisa o triste destino do caixlote do lixo ou, quando muito, colocava-a junto do monte de panos que são utilizados nas limpezas.

Porém, a minha atitude mudou e já quando cortei os blocos para a MANTA , aproveitei duas camisas em tons de azul, uma vez que,  que o tecido, 100% algodão, era belíssimo para incorporar em qualquer projeto.

Cá em casa, concluo,  estragam-se muitas camisas, pois, de repente, mais três foram separadas para a reciclagem.

Estas!

Esperavam enrodilhadas no cesto de peças a aproveitar.
Esta tarde, decidi tratar delas.

Desmanchei-as, cortando-as em partes.
Costas, frentes e mangas separadas, sem costuras, sem botões, prontas a ser utilizadas.

Seguidamente, passei-as a ferro e dobrei os retalhinhos obtidos.

Este é o empurrão necessário para por em prática um novo projeto. Foi coisa simples e rápida, mas será, seguramente impulsionador para meter mãos à obra, isto para não mencionar que o balde de roupas a reconverter ficou deliciosamente quase vazio.
Foi a minha tarde de carnaval.
Divertida e tranquila embora, a alguns, possa parecer enfadonha!

E já agora deixo no ar a pergunta que abrirá os meus horizontes:
- O que fazem com as camisas imprestáveis dos maridos?
Sou toda ouvidos!

Beijo
Nina

33 comentários:

  1. As melhoras querida. Muito chá e benuron para começar. E descanso também, que estas gripes são terríveis.
    Lembro-me da minha Mãe mandar virar os colarinhos das camisas do meu pai. Cá por casa, o marido agora não usa camisas, só polos. Quando trabalhava quando as camisas já não estavam em bom estado iam para panos de limpeza.Mas essa tua ideia de aproveitares para outras coisas é óptima, Depois mostras. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Nina,
    respondendo à tua pergunta: faço o mesmo que tu e algumas também já estão em quadradinhos das duas colchas que fiz para as minhas netas minhotas. Ah!, e guardo os botões! Nunca deitei camisas no lixo. Quando gosto muuuuito delas, descoso a parte da gola do colarinho, coso a tira e a manga comprida passa a meia-manga! Ainda fica uma boa camisa de verão, fresquinha! (só não sei se segue a moda... mas "ele" usa e gosta!!!)
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Seguro que el resultado de ese nuevo proyecto será tan impecable como todo lo que nos enseñas por acá.

    ResponderEliminar
  4. QUE BUENO!!!!
    LO DEJARAS SIN CAMISAS!!!!
    PERO CON UNAS MANTAS DIVINAS!!
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  5. Eu costumo «virar os colarinhos» e ainda dão para muito tempo,
    também as de verão corto as mangas e faço colarinho novo, beijo

    ResponderEliminar
  6. Boa noite Nina, que engraçado, ainda de manhã retirei uma de "circulação", mas ainda ali está a tempo de ser recuperada!
    Aqui em casa como o marido gosta de pesca e bricolages de garagem ainda as vai usando mais uns tempos!
    Mas há uma altura em que são retiradas e tenho-as colocado nos contentores da Cáritas, esperando que alguma voluntária faça aquilo que infelizmente não sei fazer. Virar o colarinho e assim talvez ainda possa ser útil para alguém, porque no meu caso fica mais caro pagar a quem faça este trabalho.
    Agora fiquei curiosa e vou aguardar com entusiasmo as suas ideias e quem sabe pôr em prática!
    Biejinhos e bom serão.
    Ailime

    ResponderEliminar
  7. Nina, estou passando o link do meu canal no YouTube, passa lá que tem 4, o último eu publiquei hoje!! Beijos! www.youtube.com/channel/UCXjb3v8c3l4sVQV2IzAVk7g

    ResponderEliminar
  8. He visto en otros blogs los bonitos trabajos que han hecho con restos de camisas y quedan fenomenal.
    Besos.
    Chary :)

    ResponderEliminar
  9. Oi Nina, acredito que quando começou esta técnica de patchwork os tecidos eram assim aproveitados... as camisas do meu marido eu acabo doando para uma instituição de caridade, lá eles remendam, costuram e passam para os mais necessitado... beijosss!!!

    ResponderEliminar
  10. cá em casa faço trapos, mas tenho que mudar o foco...ah tenho mesmo....Já viu o blog da Constança Cabral - Saídos da Concha???? pois bem, ela reaproveita todas as camisas.....como você está fazendo....bons projetos.

    ResponderEliminar
  11. Nina, que ótima dica. Quando minhas filhas eram pequenas eu costumava aproveitar as costas das camisas transformando em vestidinhos. Depois passei a doar as camisas com os colarinhos surrados para o marido da faxineira.
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Depois quero ver o resultado.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Olá!
    Concordo plenamente com você, achei ótima a sua ideia. eu jogava fora as do meu marido, pois ficavam horríveis embaixo do braço, nem serve para doar. Agora vou repensar.
    beijocas1

    ResponderEliminar
  14. Já aguardo pra ver o que vão virar essas camisas!
    Beijo

    ResponderEliminar
  15. ¡ Buena idea ! Aquí hay contenedores municipales para dejar la ropa que ya no se quiere , normalmente la dejo en estos contenedores aunque si es una prenda que le tengo cariño o lleva una tela que me gusta la reciclo y hago patchwork. ¡ Feliz semana!

    ResponderEliminar
  16. rsrsrsr ! também aproveito as camisas do maridao para fazer minhas costuras, tapetes etc.... é sempre pelo colarinho mesmo ! novos projetos com reciclagem !

    ResponderEliminar
  17. A minha mãe vira os colarinhos das camisas, e assim vão durando mais algum tempo.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. Menina Nina sempre em "route" sempre a caminhar,porque a vida precisa de movimento,lá vem um novo projeto,sucesso! Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Nina...um excelente aproveitamento!
    A camisa tem quase sempre um padrão interessante e reaproveitar é uma excelente ideia!
    Desde que estou na aldeia...retalho-as e ofereço-as para se fazerem trabalhos num Lar de velhinhos...pois dão muito jeito!
    Um dia bem gostoso!

    ResponderEliminar
  20. Olha que boa ideia!!
    Vou esperar para ver o que sai das tuas mãos ;)
    Beijos Nina
    http://instagram.com/annabelle_madeira/

    ResponderEliminar
  21. Oh I dislike iron the shirts!
    hug
    beijo
    Crissi

    ResponderEliminar
  22. Nina, quando as camisas estão gastas no colarinho, mando virar, ou eu própria os viro. Duram outra temporada! :)
    Depois disso (quando rompem outra vez) ofereço-as ao meu pai, para andar no trator são um luxo! lol
    Mas gostei do teu aproveitamento, estou em picos para saber o que andar a "aprontar"...

    ResponderEliminar
  23. Una buena idea, se aprovecha todo.
    Besitos guapa

    ResponderEliminar
  24. Nina

    Já estou curiosa para saber o que virá dessas ex-camisas!!
    Até a pouco tempo, eu costumava doar as camisas de meu esposo mas após ganhar a máquina de costura, tenho-as guardado. Ainda não sei o que fazer com elas. Tenho guardado muitas gravatas dele pois são tecidos tão bons e de padrões lindos que fico com dó de doar ou de cortar. Não sei o que farei com elas. Aceito sugestões.

    Tenho gostado demais dos teus trabalhos em costura e tem sido muito saudável para ti pois não te prejudica, em nada, no problema dos seus dedos e tua mente se mantém criativa.

    Por aqui, chove deliciosamente refrescando o nosso verão e aos poucos a chuva abastece os mananciais porém teremos que racioná-la indefinidamente. Não dá para ficar sem água!!

    Bjs, ótima semana.

    ResponderEliminar
  25. Olá,
    Por favor podia dizer-me qual a quantidade de lã para fazer um vestido igual ao ser verde (que eu adoro).
    Obrigada.

    Bjs

    Tina

    ResponderEliminar
  26. Não sei e nem gosto de costuras.
    Aqui em casa, eu dou as camisas usadas para outras pessoas mais simples aproveitarem. Ficam bem agradecidas.
    Mas, sei que vc. reaproveita muita coisa ai.
    Achei legal a sua disposição para isso, tb.
    Bjs, Nina.

    ResponderEliminar
  27. até já consigo visualizar as camisas transformadas em lindos e caprichosos patchwortk...bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderEliminar
  28. Obrigada Nina, peço desculpa no meu comentário (pedido), não lhe disse que Adoro o seu blog e que sou sua leitora assídua, mais uma vez muito obrigada.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Olá Nina,
    Por cá, faço o mesmo que fizeste e aproveito os tecidos para outros fins (patchwork, saquinhos de cheiro, ... ) ou são doadas. Virar os colarinhos e punhos é uma boa opção, só não o faço porque não consigo (jeitinho=zero) e mandar fazer não compensa.
    Bj

    ResponderEliminar
  30. E como os tecidos são muito bonitos, vai dar uma colcha linda e bem durável. Minha mãe sempre fazia assim pra aproveitar os tecidos ainda bons, inclusive com a beiradas dos lençóis que também só acabam no meio.

    ResponderEliminar
  31. Também aproveito, Nina.
    Ou uso para limpeza da casa, ou como vc, aproveito fazendo porta-sacos.
    Tenho muitos, com essa utilidade.

    ResponderEliminar
  32. Oi, Nina!
    Quando isso acontece com as camisas do marido, eu desmancho a costura que prende a gola e os punhos à camisa e apenas inverto, deixando o lado que está puído escondido. Não cirzo, não faço nada com o lado escondido. Ele simplesmente ficará ocultado quando ele colocar a camisa. Sabe que ele nunca percebeu que existe um lado oculto de sua camisa?
    Beijus,

    ResponderEliminar