sexta-feira, 21 de agosto de 2015

( Às vezes... ) Come-se muito bem em França!



Para os mais sensíveis, este título pode provocar sérios conflitos éticos!
"Às vezes ..." ????
Como, "Às vezes"????

Na pátria da alta cozinha? "Às vezes ... ?
Não há "Às vezes ..."! Retire-se o "às vezes ..."
Era o que faltava!
Já a formiga tem catarro ...

Pois, meus amigos purista, tenho muita pena, mas mantenho e reafirmo o "Às vezes ..."

É que na França para turistas, na França da cozinha massificada, na França - por exemplo ...- dos Campoe Elíseos, come-se mesmo muito mal.

Bem, muito bem, divinalmente,  come-se nos pequenos restaurantes frequentados pelos locais e são esses que procuro descobrir.

No regresso a casa, numa das últimas etapas, em Perpignan, descobri.
 Descobri um dos legítimos restaurantes franceses, com excelente comida a preços absolutamente comparáveis com os que aqui pagamos.
Tive sorte!

Comi:


Uma espécie de crepe preparado conforme a receita a que o link nos remete.
É só "linkar" e a tradução  surge, automática, para quem dela necessitar.

A minha galette estava divina, recheada com cogumelos, queijo, fiambre  e ovo.
Oh! É ver o aspeto e salivar!



Com muita pena, conclui não ser possível comê-la na totalidade, o que foi um desperdício imperdoável


Acompanhei com uma salada magnífica:



Com beringela grelhada, queijo feta, tomate, azeitonas e folhas de alface.

Adorei a inclusão da beringela grelhada e, na primeira oportunidade, repetirei o esquema na minha cozinha.

É favor experimentarem!

Tenham um feliz fim de semana.

Beijo
Nina

43 comentários:

  1. Olá, Nina!

    Então, já menos atarefada?

    Conheço Perpignan, onde fui qdo era adolescente, pke tinha lá a residir dois tios, emigrantes, portanto, e lembro-me de restaurantes bem parecidos aos nossos, no preço e tudo. Em Paris, na zona emblemática, é só para ver e adorar. Comer, tem de ser noutro sítio.

    A galette k comeste, parcialmente, só de olhar, fico pior k o cão de Pavlov.

    Bom fim de semana.

    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já quase completamente organizada!
      Bom fim de semana.
      Beijo

      Eliminar
  2. Oi Nina, bem sei que ha certa dificuldade em afirmar tal coisa, devido a fama que se tem a cozinha francesa, mas como tudo nessa vida com certeza se tem o bom e o ruim, fato, simples assim, sem mistificar certo! Adorei a foto, e penso ter sido pena mesmo não ter conseguido dar fim em todo prato.Fiquei a salivar fim de semana lindo pra vc

    ResponderEliminar
  3. Minha querida,amo esta gallete e tenho sorte de morar a 30 km de França aonde vou as compras de mês. Como sempre quando vou lá e as saladas são divinas.Mas,concordo contigo,longe de ser a maravilhosa,farta e saborosa gastronomia Portuguesa. Feliz final de semana,beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Oi Nina,
    Eu conheço a comida francesa e tinha saudade do do meu Brasil.
    Beijos
    Dorli

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dorli, adoro comida brasileira, para mim das melhores do mundo.
      Beijo

      Eliminar
  5. Pai nosso que linda e deliciosa
    pena que não provei mas passei vontade
    um prato lindo

    Bom final de semana bjussss

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  6. Não tenho grande conhecimento da cozinha francesa,mas esta galette está divinal!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um prato leve e muito agradável, podendo o recheio variar.
      Beijo

      Eliminar
  7. Olá Nina, não conhecia esta Galette, mas pelo aspecto, devia estar óptima. Já fui lá ver a receita e como se faz.
    Quando estive em Paris, já lá vão uns bons anos, tive alguma dificuldade em encontrar sítios onde se comesse bem por um preço aceitável.Ao almoço íamos à Pizzaria e ao jantar, valia-nos estarmos em casa de familiares (he,he). Mas olha que em Inglaterra acontece-nos o mesmo, porque a cozinha deles também é cara e não é grande coisa. Os bons Restaurantes são muito caros e não são para qualquer bolsa...
    Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bombom, esse problema ocorre em todas as grandes cidades. É preciso descobrir os restaurantes onde comem os locais.
      Beijo

      Eliminar
  8. Debe ser algo habitual, Nina, que los restaurantes optan por la parte glamorosa y vistosa de la comida y dejan de lado el toque de casa. Acá tenemos los que sirven los platos adornadísimos, pero con unas porciones tan chiquitas que parece una burla... y lo que cuestan, ni te digo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gabriela, quando estive no Peru comi muito bem. A vossa gastronomia é excelente.
      Beijo

      Eliminar
  9. ¡Que rico debia de de estar!
    Buen provecho Nina.
    Besos de fin de semana.
    Chary :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava muito bom, sim.
      Bom fim de semana, querida Chary.
      Beijo

      Eliminar
  10. Oi Nina, dos aspecto da salada eu gostei, amo berinjela (de qualquer jeito!), mas o primeiro prato com o ovo mole,nem pensar, rsrsrs beijosss!!!

    ResponderEliminar
  11. Nina,a cidade que vou as compras em França chama - se Lille fica proximo a Mons que é neste momento a capital cultural da Europa cá na Bélgica. Na Alemanha vou as compras em Monschou .A Alemanha para tudo de beleza é fantástico. Pago cá 11 euros pintura p cabelo L'Oréal e lá paguei 5,45. Visite Lille fica pertinho de Bruxelas e Monschou também. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço Lille. Já lá estive uma vez.
      Monschou, acho que não!
      De qualquer forma, as melhores compras, para mim, fazem-se na Alemanha.
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Nina, que pratos deliciosos!

    É verdade quando você fala que "às vezes" come-se bem na França. Mas acho que isso serve para muitos outros lugares. Turistas não conhecem bem a cidade e acabam entrando em armadilhas: restaurantes que estão nas regiões turísticas e oferecem comida mediana por preços altos. Acontece em Paris, Roma, Nova York e por aí vai...

    Gosto muito de descobrir os lugares que os locais frequentam, assim como você faz.

    Sobre seu comentário no blog, infelizmente tenho essa sensação permanente de que não me encaixo aqui. Moro em uma casa excelente, em uma boa cidade. Não posso dizer que estou no pior do Brasil mas, ao mesmo tempo, ainda é Brasil, com os mesmos problemas, ainda que talvez um pouco mais suavizados em relação a outras regiões.

    Faz parte dos meus planos ir embora um dia, dar oportunidades melhores para o meu filho.

    O que não entendo é como algumas pessoas optam por sair daqui e depois têm esse saudosismo, essa adoração pelo Brasil. Afinal, a decisão de partir vem de um julgamento muito forte de que a pessoa não vê mais futuro no seu próprio país. Que não acredita mais nele.

    Sei que se eu saísse daqui seria com enorme confiança de que estou indo para uma direção melhor. Poderia passar dificuldades de emprego, certamente teria que dar alguns passos pra trás profissionalmente... mas, colocando na balança, a gente sabe que tudo tem seu ônus e seu bônus. E para morar no primeiro mundo eu me sujeitaria a uma série de sacrifícios.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Débora, esse é sempre o meu maior desafio- descobrir os locais frequentados pelos habitantes da cidade, seja em que cidade for.
      A sua convicção de que sair do Brasil é a melhor opção, é tão forte que, tenho a certeza, quando concretizar esse projeto terá o maior sucesso.
      Bom fim de semana, querida.
      Estou adorando as imagens dos exteriores que tem publicado!
      Nina

      Eliminar
  13. Não tenho experiencia suficiente para falar, mas do pouco que conheço, sinceramente não me encheu "o olho". Umas vezes melhor , outras pior dependendo do sítio.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Montana, boa mesmo é a nossa comidinha. O resto são tretas!
      Beijinhos, querida.

      Aqui chuvisca! Diabo de verão!

      Eliminar
  14. Nina, gostei da dica de comer em restaurantes pequenos para comer bem, lembrarei disso quando for à França, rsrsrs. As escolhas de ato parecem ter sido saborosíssimas! Berinjela grelhada além de deliciosa, é saudável. Com um fio de azeite de oliva, fica perfeita! Abraços!

    ResponderEliminar
  15. Ė como em todo o lado, ha bom e ha mau! Isso parece-me muito bom! Bj

    ResponderEliminar
  16. Apesar do aspecto apetitoso da galette, continuo fiel à nossa comidinha!!!

    De França, prefiro os doces.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  17. Nina, a nossa comida é realmente da melhor! Como tu, já saboreei pratos deliciosos por todo o mundo! A dica é simples: saber escolher o restaurante certo! Os mais caros não são os melhores... nunca foram nem nunca serão!!!
    Essa galette parece é um crepe mais espesso... até a gente faz... se calhar melhor, apesar dessa ter um bom aspeto!... Às vezes faço umas coisas semelhantes, mas nem sei que nome lhes dar!
    Estou de acordo: la cuisine française é só fama... sem proveito! Onde se come bem é cá, no nosso Portugal... e prontos!!!!!!!!!!!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresinha, não poderia estar mais de acordo! Nada como a nossa honesta comidinha.
      Beijo

      Eliminar
  18. Acredito mesmo que não se coma nada de jeito, fora do nosso país, Ninita! Ainda bem que encontraste esse cantinho com essa galette que tem muito bom aspeto, até eu que sou "esquisita" era capaz de a "devorar", eh!
    Tenho alguns problemas com as comidas, quando saio da minha zona de conforto (digo casa, digo comida simples), porque raramente me satisfaço com a qualidade a que me habituei. Valem-me as sopas... :)
    Beijinho grande!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lete, querida, lá por fora nem as sopas se comparam às nossas. Beijinhos. Boa semana.

      Eliminar
  19. Nunca fui a França, por isso não tenho voto na matéria. Mas esses teus pratinhos parecem uma delícia! Ainda bem que encontraste o restaurante :)

    ResponderEliminar
  20. hummmm....adoro beringelas (ou berinJelas...tanto faz) em saladas.
    Galette, realmente, convidatvo a ser degustado e a receita é bem fácil; estive analisando pelo site sugerido.

    Creio que da França, na parte de alimentação, os pães são insuperáveis em sabor, sim ou não?

    Bjs

    ResponderEliminar
  21. Eu digo que nem todos gostam de tudo, Fui no nordeste aqui do Brasil, onde o pessoal adora a comida de lá, digo sinceramente que quase passei fome. Não pq a comida seja ruim, eu que não gosto de quase nada.

    ResponderEliminar