quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Vestido em tricô


Dando continuidade ao post de ONTEM,vamos então começar, pelo começo - passo a redundância - tricotando uma amostra do PONTO.

Esta primeira etapa é indispensável para evitar desagradáveis surpresas - um vestido gigantesco ou, pelo contrário, um vestido mínimo, no qual não se cabe ... sei do que falo, que já senti na pele o desgosto!
Vamos portanto, sem preguiça, tricotar uma amostra.

No caso, O PONTO exige 14 malhas (por motivo) + 2 para as orlas.

Montemos, então,  44 malhas (3 motivos + 2 malhas de orla),  continuando até se atingir  de 10 cm.

Remata-se e mede-se.

Depois, é só fazer contas.

Tiramos as medidas à pessoa a quem se destina a peça e calculamos facilmente o número de malhas necessárias - eu apliquei uma regra de 3 simples, como nos foi ensinado na matemática do liceu.

No meu caso, vestindo tamanho M, tricotei 9 motivos + 2 malhas para a orla, o que perfaz 128 malhas.
Este número, depende, porém, da espessura do fio e das agulhas utilizadas, o que - de novo - exige a realização de uma amostra.

De resto, já vi, em tempos, por aí, uma manta lindíssima confeccionada a partir de amostras, o que é argumento extra para que não se salte esta primeira etapa.

Comecei pela saia que tricotarei de acordo com a minha medida, utilizando sempre O PONTO DOS ZIGZAGUES CURVOS.

Este ponto, muito elástico, tem um caimento perfeito, não marcando, não "agarrando" o corpo, sendo, por isso ideal para uma saia.

Atingida a altura da cintura, tricota-se uma barra em canelado 1/1.

Para já, ficam estas explicações e, na próxima "aula", prosseguimos.

Não têm fio?
Comprem 800g ou um pouco mais. Melhor sobrar que faltar!
Toca a mexer as agulhas!

Beijo
Nina






10 comentários:

  1. Oi Nina!

    Vi o lindo vestido na postagem anterior... Não estou neste nível... Hehehe Mas ainda chego lá!

    Abraços, Iris

    ResponderEliminar
  2. Boa noite Nina, ontem tinha comentado o "post" anterior a partir do meu telemóvel, mas o comentário escapou!
    O vestido vai ficar lindo e muito quentinho!
    No meu caso não me atrevo não obstante as suas preciosas e úteis ajudas, porque sei de antemão que não iria ficar bem. Não sou dotada para malhas e nas cavas, decotes, etc não me iria sair bem. Quem sabe um dia?
    O casaco em quadrados de croché que iniciei há tempos, vamos ver se o tenho pronto na próxima primavera;))!
    Só ao serão é que tenho disponibilidade de fazer alguma coisa e o que faço é muito pouco!
    Muito obrigada pelos incentivos.
    Bom serão!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  3. Ó s' tora... adorei a aula de tricô! Aplaudo!
    Não vou fazer o vestido, mas a aprendizagem faz sempre jeito.
    Estou no meu casaco de tricô. As costas vão ser só em liga.
    Depois andei pela net e encontrei um casaco de croché de perder a cabeça. Só que eu vou fazê-lo com cores menos garridas, mas várias... e já o comecei! Aproveito restos ge lãs para uma parte e para o resto... logo se vê!!! Será uma empreitada para o próximo ano... de certeza!!!...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresinha, muito obrigada por me considerares capaz de te ensinar o que quer que seja nesta matéria ... sabe bem ouvir!
      Espero ver o teu casaco em breve, esse sim, seguramente inspirador, como tudo o que fazes.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Nina...bem que gostava de dominar a técnica de tricotar esquemas lindos como este...mas só sei o básico! Quem sabe um dia...arrisco! Boa noite amiga

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Nina, Já fiz a amostra com duas agulhas tamanhos diferentes, optei pelas 3,5, acho que fica mais bonito, no seu vestido verde a Nina disse que montou 126 + 4 de ourela, trabalha as duas malhas de ourela em liga?
    Vou assinar como vovó Tina, porque tem um comentário de uma homónima ontem que não vai fazer o vestido, não pense a Nina que eu vou desistir.

    Beijinhos e tenha uma óptimo dia.

    Vovó Tina

    ResponderEliminar
  6. Tina, respondendo à sua questão, tricoto as malhas de ourela em liga.
    Se quiser enviar-me o seu mail, que não publicarei, poderemos trocar impressões sempre que quiser.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Não percebo nada disto, mas qualquer dia aventuro-me com as tuas dicas :P

    ResponderEliminar