terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Compras feitas!



Quando digo "compras feitas", digo, TODAS as compras feitas.
Todas.
Todinhas!

Até o peru!
Até ele já está na arca aguardando o momento de sair para a sua grande perfomance.
Mas vamos por partes.
Gosto de compras. De algumas compras.
Mas detesto confusões, multidões, encontrões e "cenas" que tais.
Acho até que existe um síndrome (psiquiátrico) que define esta fobia... o nome não interessa nada ( se interessasse eu informava-me ...) - sinto, porém, que o meu descontorto, quase horror, quase pavor se ainda não está, muito perto se encontra do domínio patológico.
Esta época de desenfreado consumo agonia-me - entre os adultos abolimos as prendas e fazemos do Natal um dia de convívio, deixando para a criançada os presentes. Esta é uma boa decisão. Ainda assim, a festividade exige uma logística própria que implica idas ao supermercado.
Ontem, tentei!
Desisti!
Os vários parques estavam repletos.
Hoje insisti. Logo a seguir ao almoço.
Sucesso!
Comprei o que faltava para a ceia e para o almoço de Natal!
Está comprado.
Agora é só desfrutar do sossego.

Para me premiar, decidi preparar Doce de Abóbora:


Esta abóbora, de uma intensa cor laranja é a indicada para doce.
Este ano consegui uma matulona com cerca de 15 Kg.

Foi uma trabalheira enorme para a descascar e cortar em cubos, mas valeu a pena.
Foi dividida em porções e a seguir congelada.
Deste modo, disponho de abóbora por muitos meses, mesmo quando a sua época passa.

 A receita?
É um clássico:

- 1kg de abóbora
- 1Kg de açúcar branco

Esta a base!


Depois vou inventando ...

Desta vez juntei pau de canela e casca de limão.
A seguir, quando alcançar o ponto e começar a arrefecer, acrescentarei côco ralado, mas poderia ir por outros caminhos, outros odores, outros sabores - gengibre, estrela de aniz, vinho do Porto, nozes e amêndoas picadas ... enfim, a combinação depende da inspiração.

Entretanto, ao lado, noutra panela preapro uma sopa, um puré de legumes com ... abóbora! Porém, esta, de outra qualidade, clarinha, quase branca, também ela congelada em porções para ser utilizada ao longo do tempo.

A isto chamo comida de/para conforto e vida calma, a que para mim tem maior qualidade.
Longe, muito longe das multidões.
Quase noutro universo!

Beijo
Nina

22 comentários:

  1. Eu também não gosto da confusão das compras e prendas só para as crianças, que já estão compradas.
    Sempre pensando em tudo Nina, aproveitando sempre bem o tempo, é uma inspiração.Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Também faço parte da pequena percentagem de gente que faz as compras de Natal com bastante antecedência, tenho tudo o que preciso em casa e só falta embrulhar alguns presentes para entregar no fim de semana e viva o aconchego do lar e a dedicação à preparação da ceia de Natal que vai ser cá em casa com pais e sogros.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Já tenho parte das compras feitas para a ceia e almoço de Natal. Não comprei peru pois a família não é muito apreciadora do bicho (só uns bifinhos para o dia a dia).Estou indecisa entre galinha recheada ou carne assada.
    O resto combino com a filha. Felizmente não tenho apanhada confusões, nada que se compare com o mês de Agosto. Beijinhos minha linda.

    ResponderEliminar
  4. Por aqui é a minha mãe que está cá e compra as coisas para a ceia e para o almoço. Eu trato das sobremesas e demais doçaria e já não é pouco.

    ResponderEliminar
  5. Olá Nina!
    Abóbora não pode faltar em casa mas este ano tive azar com as sementes e valeu as ofertas de gente amiga!
    Não fiz doce pois alguém fez a mais...e vai trazendo uns frasquitos!
    A sopa leva sempre um pouco dela...mas o que a minha gente adora...são os bolinhos de abóbora!
    Os olhares estão bem apetitosos...
    Boa noite e bons sonhos!

    ResponderEliminar
  6. ME PARECE GENIAL!!!
    YO HAGO LAS COMPRAS ANTES...ODIO LOS AMONTONAMIENTOS Y LOS PRECIOS DE ULTIMA HORA.
    ASI TODO MAS TRANQUILO.
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  7. Minha querida, hoje também foi dia de compras por aqui! Evitei ao maximo, mas hoje teve mesmo que ser! E foi um dia muito bem escolhido pois a todos os lugares onde fui reinava a paz e o sossego, mesmo como eu gosto! Não apostei no peru, a minha mae fá-lo perfeito por isso nao me arrisco, mas vi um frango de natal bem jeitosinho, acho que ainda vou voltar para busca-lo! Adoro doce de abobora, é dos meus preferidos, adoro mesmo! Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Qué agobio me dan las compras, todas en general pero especialmente en esta época. Buena previsión, besos.

    ResponderEliminar
  9. Estou encantada com seu país.
    Estou conhecendo frutas que nunca vi antes.

    ResponderEliminar
  10. Estou encantada com Portugal.
    E já conheci frutas que são desconhecidas para mim.
    Viva Portugal!

    ResponderEliminar
  11. Estou encantada com Portugal.
    E já conheci frutas que são desconhecidas para mim.
    Viva Portugal!

    ResponderEliminar
  12. Também não gosto de confusões, mas este ano a coisa está dificil. A empresa onde trabalho mudou de instalalações e a "neura, fúria" o que lhe quiserem chamar está a complicar-me e muito. Trabalhava ao pé de casa, ao ponto de ir às compras à hora de almoço. Agora trabalho a 30km de casa, com todo o transito que isso implica, sem hora de almoço para aproveitar e sair mais cedo para fugir ao transito e aqui estou, com meia dúzia de prendas compradas (para os petizes todos que têm direito a elas) e sem nada de artigos para as comesainas (refeições natalicias se fui pouco clara. Espero que no proximo fim de semana, consiga resolver a coisa. Quanto à abóbora, Nina, adoro abóbora e tudo o que resulte da mesma: doce, puré, sopa, guizado, etc... deve ser da cor que é um regalo para os olhos. Bjks

    ResponderEliminar
  13. Olá Nina,

    na minha família as prendas também são para as crianças, para os adultos somente um miminho que muitas vezes são coisas feitas por mim. Também detesto compras, o que me vale, este ano, é a filha mais nova ter disponibilidade e então andou a fazer as compras e os embrulhos:))
    Este ano vou ter muito pouco tempo para estar com a família. Moramos sozinhos no algarve (eu com o marido e as 2 filhas) o resto da família, tanto minha como do meu marido moram no Barreiro e este ano a minha colega de área vai para a Escócia no natal e então eu só vou poder ir para cima no dia 24 e depois dia 25 temos de voltar para baixo pois o meu marido tem de estar no hotel nesse dia pois o hotel vai abrir para o fim do ano. Paciência, é o que se tem e temos de aproveitar cada instante.
    O teu doce parece uma delícia!

    Beijinhos
    São

    ResponderEliminar
  14. Concordo plenamente consigo Nina :)
    Eu acho que anda mesmo tudo tolo :) Queremos ir buscar algo que nos está a fazer falta e é confusão em todo lado!!!!
    Esse doce de abobora tem ótimo aspeto ;)

    ResponderEliminar
  15. Prendas só para os que passam a noite de Natal juntos. não são muitas mas este ano ando meio perdida só comprei duas.
    entrei na 2º no colombo e voltei a sair de mãos a abanar, este ano estou sem paciencia para compras...

    ResponderEliminar
  16. Adoro passear, comprar kkk mas nesta época odeio!!!!
    Já tenho tudo comprado e embalado. |Como fazemos ceia conjunta só vou fazer uma sobremesa:)

    bjinhos

    ResponderEliminar
  17. Oi Nina, ainda não compramos quase nada, neste final de semana será o das compras e eu já antevejo a loucura que vai ser, rsrsrs mas tudo bem, eu gosto demais desta época... beijosss!!!

    ResponderEliminar
  18. Nina, tb não gosto de muita confusão para ir as compras.
    Ultimamente, tenho preferido o domingo para ir ao supermercado, por ter menos gente.
    Adoro abóbora (aqui chamamos de jerimum). O doce é maravilhoso com coco ralado.
    Gosto tb da sopa e do purê. Neste se acrescenta uma ou duas batatas inglesas para dar liga.
    Sou fã de jerimum: no feijão, na carne....de qualquer jeito.
    Bjs, querida.

    ResponderEliminar
  19. Para mim Doce de Abóbora é sinónimo de Doce com Nozes. Adoro!!! Mas com coco nunca experimentei, deve ficar também muito bom.
    Também não gosto nada dessas confusões de Natal, daqueles atropelos e stresses que só dá vontade de fugir para o meio da serra :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Boa noite Nina,
    Também gosto cada vez menos de confusões, se é que alguma vez gostei;))!
    Já comprei praticamente tudo no que respeita a presentes e acho óptima ideia de na vossa Família comprarem presentes apenas para as crianças!
    O doce de abóbora ficou óptimo!
    Um dia destes venho aqui "roubar-lhe" a receita, pois há tempos não me saí nada bem!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  21. Também tenho tudo praticamente comprado.
    Nunca comi peru no Natal! Estranho :D
    Esse doce parece mesmo bom. De vez em quando faço abóbora em puré, mas uso da manteiga :)

    ResponderEliminar