terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Eu e as minhas plantinhas



Falo muitas vezes nas minhas plantinhas porque elas fazem realmente parte da minha vida.
Frequentemente compro vasos com flores que durante semanas alegram o ambiente - muito mais duráveis, portanto, que as flores propriamente ditas.
Com esses vasinhos componho arranjos e brinco tanto quanto me apetece.

Recentemente, mostrei AQUI um lindo centro de mesa em tons rosa que, enquanto durou - e durou várias semanas - alegrou o espaço como só as flores alegram.

Porém, cumprindo o ciclo que a natureza determina, acabaram por perder a graça e o vigor ...


Ficaram assim - com as flores secas e murchas.


Que fazer então?
Há que escutar o apelo!
Os vasos eram minúsculos não garantindo o espaço adequado para que as raízes crescessem e a planta se desenvolvesse.
Para garantir que, dentro de algum tempo terei plantas fortes, viçosas e floridas, há que ter algum trabalho - pouco, para a alegria que proporcionam.



Comprei esta taça em barro - prefiro este material ao plástico.
O barro permite que as raízes "respirem", isto é, não sendo impermeável como o plástico, impedem a acumulação de excesso de água.

Ainda assim, há que ter precauções elementares:
Colocar alguns cacos no fundo, antes da terra, que
 facilitarão a drenagem.
A terra deve estar húmida, mas nunca ensopada, porque, morrem muito mais plantas "afogadas" do que devido à seca.


As plantinhas foram retiradas dos vasos originais e colocadas neste espaço muito mais favorável, onde criarão raízes e terão alimento para se desenvolverem.
De momento, dada a "cirurgia" encontram-se em observação em ambiente adequado.
Quando superarem esta fase, circularão sem problemas por toda a casa.

Reconheço que trato as plantas com desvelo. Afinal são seres vivos e incomoda-me quando, por descuido, alguma morre.
Por isso, o meu "jardim" não para de crescer e, posso garantir que algumas das minhas plantas são bem velhinhas, com família constituída, porque, a partir de uma planta "mãe" reproduzo outras, numa incessante multiplicação.

No exterior, de momento, dados os extremos do clima, a paisagem é invernosa, nua e triste.


Ainda assim, alguns bolbos floresceram ...

... estes lírios robustos ,,,

... um ou outro narciso ...

... e mais lírios.

Logo que o Inverno rigoroso termine, sei que as minhas árvores envasadas se cobrirão de folhas, muitas flores e alguns frutos.

Acho graça ...
Gosto de brincar aos jardineiros!

Beijo
Nina

29 comentários:

  1. Adoro flores e as tuas estão sempre muito lindas...um beijinho.

    ResponderEliminar
  2. Eu também amo minhas plantinhas. Já um ar de primavera por aí, beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Nina...um brincar bem relaxante!
    Também gosto de vasos em barro...mas por aqui como há uma floreira em cima do muro...tenho meia dúzia de vasos!
    Os narcisos já deram um ar da sua graça mas lírios...nem vê_los!
    Os seus estão bem lindos! Bj amigo

    ResponderEliminar
  4. Tens um jeito nato para cuidar das plantas! Quem me saber fazer o mesmo! Plantas, definitivamente, não é comigo! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Isso é o que eu estou fazendo como você mostra. Já você tem belas narcisos e e características. Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  6. Também adoro plantas, mas não se dão bem aqui em casa, crescem imenso, mas as que são de dar flor, nunca dão ...:( fico tão triste ...

    ResponderEliminar
  7. Olá Nina, desculpe-me o termo mas a Nina é mesmo "pano para toda a obra"!. Admiro-a muito. Tem curiosidade em aprender, enfrenta os desafios com a maior naturalide, as difículdades dão-lhe coragem para seguir em frente. E quando termina com bravura os desafios que enfrentou é humilde a reconhecer a sua vitória. Parabéns, é um exemplo a seguir! Bem Aja. Eu também gosto muito de plantas são uma companhia imprescindível. Beijinho amigo Maria do Rosário

    ResponderEliminar
  8. Olá Nina: obrigada pelas dicas. Devo confessar que embora ache muita graça a plantinhas naturais, limito-me e por água quando as vejo murchar de secas, rsrs. Quem trata das minhas é a minha mãe que adora plantas!!Acho que ficou um vaso lindíssimo e, quando chegar a primavera, vai ficar ainda melhor.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  9. Também gosto de brincar com elas.Lindas as tuas! bjs, chica

    ResponderEliminar
  10. Também adoro flores, este outono precisei de limpar grande parte do canteiro que tenho e agora estou à espera que o tempo acalme para o começar a encher de cor :)
    Ah, não te esqueças de retirar as flores velhas das plantinhas que transplantaste, tenho uma igual na janela da cozinha com flores laranja e reparei que sempre que retiro as flores velhas e ela rejuvesnece.
    Beijinhos, se quiseres vem visitar-me em
    Gulosoqb.blogspot.pt
    Facebook.com/gulosoqb

    ResponderEliminar
  11. LAS FLORES SON UNA ALEGRIA PARA EL ESPIRITU...
    LAS MIAS ESTAN MAS ATRASADAS.
    Y ESTAS NO ME DURAN NADA SE SECAN PRONTO.
    PERO SIEMPRE ES LINDO VERLAS Y DISFRUTAR DE SU HERMOSURA..
    CHAUCITO

    ResponderEliminar
  12. As plantinhas da Nina, sempre lindas, sempre frescas,
    beijo

    ResponderEliminar
  13. Boa Tardinha, querida Nina!
    Gosto de olhar o carinho de quem cuida de suas plantinhas... dá gosto de se ver e contemplar as belezas do Criador!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  14. Nina, no longo tempo em que estive ausente, inclusive de meu próprio blog, o seu foi um dos quais mais senti falta. Adoro ler/ver suas invenções. Suas flores já estão lindas, com o trato que lhes proporcionou, então, quem duvida de que irão se superar?
    Abraço!

    ResponderEliminar
  15. Oi Nina, você tem mãos verdes, suas plantas são lindas e bem cuidadas.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  16. Me encantan las flores! Unas fotos preciosas. Besos.

    ResponderEliminar
  17. Brava, hai fatto bene a cambiare il vaso, ora prenderanno vigore e diventeranno bellissime!

    ResponderEliminar
  18. Adoro flores!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  19. Que lindas as suas plantinhas .Adoro orquideas.Bjs

    ResponderEliminar
  20. Oi Nina,

    felizmente acordou com o fato de que cuida das plantas com desvelo, como faz com tudo o que se propõe a fazer, sem bajular viu...rs. Essas violetinhas já estão agradecendo e a cor delas é muito bonita, amei o vaso de barro, quando eu tinha folhagens também usava apenas esse material. Agora minha varandinha abriga o motor do split, infelizmente, adeus plantinhas! E para não jogar no lixo as calanchoes ou violetas, não compro nenhuma!
    Beijoca flor,
    Lu

    ResponderEliminar
  21. Oi Nina, eu também amo plantas e aqui em casa, mesmo sendo bem pequena, as plantas precisam ter lugar, eu não me sinto bem sem ver um verdinho e flores, rsrsrs beijosss

    ResponderEliminar
  22. Me encanta la alegría que las flores dan a una habitación. Lástima que sean tan efímeras, pero tal vez eso nos hace apreciar más su belleza.

    ResponderEliminar
  23. Isso é uma arte! Nunca tive jeito para plantas, mas fiquei com vontade de arranjar algumas :)

    ResponderEliminar
  24. As platinhas estão mesmo bonitas... por momentos até já parecia primavera!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  25. Nina, sua energia criativa é uma inspiração pra mim. =)

    beijos
    Rosa

    ResponderEliminar
  26. Nina, mesmo com os rigores do Inverno as tuas flores do exterior ainda dão o ar da sua graça.
    Gosto tanto de flores!
    Uso vasos em plástico, mas vou mudar isso. Aos poucos. Por acaso preciso de um grande para mudar uma planta. Será o primeiro. A verdade é que são muito mais bonitos.A minha buganvilia já está a começar a florir. Embora cresça pouco nunca desilude. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  27. Planta de verdade só temos uma violeta que insiste em não dar flores.

    ResponderEliminar
  28. Boa noite Nina,
    Adorei a sua ideia de colocar as flores na taça de barro. Ficará um arranjo lindo e já estou a imaginar que a irá pintar de uma cor ao seu gosto, ou simplesmente deixá-la assim!
    Sobre as outras flores, mal o tempo aqueça um pouco ficarão lindas!
    Tenho notado neste inverno que as flores das moradias aqui em redor também estão muito mais fragilizadas.
    A primavera não tarda e o seu jardim ficará um encanto!
    Beijinhos e um bom serão.
    Ailime
    (Os lírios são das flores mais resistentes. Aqui nos canteiros vou vendo alguns. Os seus têm uma cor maravilhosa).

    ResponderEliminar