domingo, 9 de abril de 2017

O Baño


O Baño - assim mesmo, em espanhol - foi o objectivo do passeio de sexta-feira.

Tenho cada vez menos vontade de passear nas cidades, não só porque conheço a maior parte delas aqui à volta, mas também porque, devido à massificação, elas se repetem, o que é desanimador.

É por isso que, sempre que encontro um desafio que me propõe fuga às multidões, facilmente me deixo seduzir.

Tendo estado um tempo excelente, apetecia uma fuga para o seio da natureza e, quando se fala em natureza, o Gerês vem imediatamente à memória como escolha infalível.- Daí que esse destino estava mais ou menos delineado. Acontece que, entretanto, encontrei no jornal diário a alusão a umas nascentes termais perto de Ourense, na Galiza, a apenas 30 Km da fronteira portuguesa do Lindoso e, imediatamente, se colocou a possibilidade de uma visita.

Portanto, saindo do Porto pela A28, apanha-se a A27, em Viana, em direção a Ponte de Lima, seguindo-se, então, para Ponte da Barca e Lindoso - tudo muito simples e muito rápido.

No Lindoso, impossível deixar de visitar o castelo medieval:











A vista exterior é muito interessante, mas, pagando 1,5€ por pessoa, tem-se acesso ao interior, bastante bem preservado e com uma vista magnífica .


Estava calor ...
E o silêncio era absoluto.
Lá vou eu na minha viagem à Idade Média.


Terminada a visita, havia que almoçar.
Ali muito perto, um excelente restaurante, o LINDO VERDE!


Serve lindamente, tal como a imagem - uma posta grelhada ... - documenta.


Saciada a fome, atravessámos a fronteira e continuámos em direção a O BAÑO, BANDE, OURENSE, que dista 30 Km da fronteira.


O local é de uma tranquilidade absoluta - não sei como poderá ser durante o fim de semana ...
Ao fundo uma albufeira e, no plano mais próximo, um dos tanques de águas termais cuja temperatura ultrapassa os 40 graus.

Um texto informativo  e ...

alguém que acredita nas propriedades curativas da água, que - diz-se - é boa para a pele e ossos.







Na albufeira é possível mergulhar e nadar, embora aí, a água seja fria.
Um pouco adiante, avista-se as ruínas das Termas Romanas ...















Nas margens da albufeira o clima é de paz absoluta, ideal para quem pretende afastar-se da confusão da cidade e, como o céu estava de um azul profundo, foi possível captar estas imagens, que são telas, são pinturas:











Ao fim da tarde regressei, com imensa vontade de voltar.

AQUI, um curto vídeo, mais eloquente que a minha descrição.

Beijo
Nina

22 comentários:

  1. Oi Nina!

    Que passeio maravilhoso! Isto é saber aproveitar bem todos os momentos...

    Abraços, Iris

    ResponderEliminar
  2. Nina adoro essa zona e ainda um dia destes dizia ao meu filho que não visito essa zona há mais de 8 anos!
    Preciso regressar!
    Minha filha esteve em Ponte de Lima e há olhares novos que gostaria de ver!
    Hoje fui espreitar o mar da Figueira e já deu para matar saudades!
    As cidades portuguesas têm melhorado imenso e há sempre recantos dignos de registo!
    Estando mais tempo na cidade é natural que o verde seja mais atrativo!!!
    Bj e obrigada pelos olhares!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nina...em Fermentelos ainda existe estalagem e restaurante! Havia uma discoteca também e fizemos encontros de professores nele!
      Em Oiã ... há um restaurante!
      É um lugar mágico e volra e meia vou até lá ... pois vou muitas vezes a Águeda por causa do meu sobrinho!
      Boa noite e bj

      Eliminar
  3. Magnífico, Ninita! É destes passeios que eu gosto. Na tranquilidade, longe das massas, das confusões que só me cansam e angustiam. Aqui, sim, respira-se paz, respira-se o verdadeiro descanso, o autêntico passeio.
    Adorei as fotos, obrigada pela maravilhosa partilha!

    ResponderEliminar
  4. Oi Nina, bt!
    Que belo passeio e que refeição reconfortante heim amiga!
    Obrigada por me deixar passear com vcs!
    Bjsss

    ResponderEliminar
  5. Que sítio tão agradável, calmo... É pena ser tão longe para o tempo de que disponho por agora. Fica a sugestão registada.

    ResponderEliminar
  6. A música do vídeo transmite muita paz. A penúltima e antipenúltima fotos merecem uma moldura - dignas de um quadro!

    ResponderEliminar
  7. Olá Nina,meu cunhado que mora em Lisboa, tem visitado muito o Gerês. Sempre que ele envia as fotos eu sonho.Amei o teu olhar e estas flores amarela linda.Boa semana querida, beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Belo passeio! Obrigado pela partilha, fica registado!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Que lindo, Nina!
    Também eu prefiro fugir das cidades e encontrar refúgio na natureza. Regenera, acalma e apazigua a alma, é tão bom.
    Bom descanso e absorve essas energias boas porque não há melhor.
    Beijo grande :)

    ResponderEliminar
  10. Que passeio maravilhoso!! 5 estrelas!!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Rotolone, é uma tipo de Rocambole. Escolhei de queijo e presunto. Molho branco por cima e queijo ralado por cima.
    Sirvo com torradas.
    A sobremesa foi frutas.

    As imagens do seu passeio estão lindas. C
    Já conheço um monte de lugar em Portugal, através de vc.
    Tenho chance de ir para Aveiro em agosto com minha filha e a Infanta. Mas quando penso no calor, desisto.

    ResponderEliminar
  12. Maravilhosos cenários!

    Tenha uma Páscoa muito feliz!

    ResponderEliminar
  13. Que belo passeio, não conhecia e adorei ver as fotos! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  14. Que belo passeio, Nina!
    Deste-me ideias... como inúmeras vezes acontece!
    Mas no vídeo as águas estão mesmo a ferver... como nas Furnas!...
    Hoje regressei de Quiaios onde passei um fim de semana de autêntico verão... com 5 netos!
    A seguir irei passear com as netas minhotas e, quase de certeza, iremos ver ao vivo o que publicaste em belíssimas fotos. Não conheço e parece lindo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Que delícia de passeio Nina... Tu entrastes na água???
    Por aqui temos um termas que dizem ser um santo remédio para as dores nas articulações, nunca fui... ainda, rsrsrs
    Beijosss

    ResponderEliminar
  16. Pelo que vejo das fotos o passeio tinha de ser mesmo muito bom. Beijinhos minha querida.

    ResponderEliminar
  17. Gosto imenso de passear por sítios assim!

    ResponderEliminar
  18. Boa noite Nina, andou por paragens que também conheço. Lindoso e Ourense.
    No entanto não conhecia a estância termal. Vi o vídeo e adorei.
    Também fujo das cidades. Moro muito próximo de Lisboa e raramente lá vou e tanto que tem para ver:)).
    Natureza, natureza...Veja se puder os meus dois últimos posts do Ecos.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  19. Passei uma vez no Lindoso, há mais de 10 anos e achei... lindo :) Penso que passei por Ourense, mas não tenho a certeza.
    No Baño não passei e gostaria, bem como pela estação arqueológica.
    Ficará para uma próxima viagem, que fiquei bem impressionada com o teu roteiro :)
    Beijinhos e boa semana :*

    ResponderEliminar
  20. Tenho uma amiga que, estando em Portugal, foi conhecer o Gerês. Vi fotos magníficas, como as tuas. Beleza e silêncio é o que gosto, para um passeio assim. Voltamos transformados, pela vigem e paisagem.
    O prato está apetitoso, imagino a delícia. E a foto com as flores amarelas é muito bonita.

    ResponderEliminar