terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Forno e fogão



Todos sabemos que os electrodomésticos  quando resolvem avatiar, avariam TODOS  ao mesmo tempo. Não se trata de qualquer  tipo de praga ou maldição ... acho que tendo a mesma idade ou semelhante, têm a mesma  longevidade.
Parece-me,  portanto,  que não é praga nem maldição  - espero  que não seja, mas, quando  quase no mesmo mês  me vejo obrigada a substituir a máquina de lavar louça,  a placa vitrocerâmica e o forno, as minhas convicções racionais ficam seriamente abaladas.

A máquina já tinha sido trocada e hoje foi a vez da placa e do forno.
 Só espero que o microondas não  decida pifar ... é  o único  que resistiu à hecatombe.

Havia que decidir onde e qual a marca  a comprar.

Confesso  que gosto das alemãs pela durabilidade e fiabilidade, mas ainda assim hesitei. Por fim, pesando o preço,  a possibilidade  de avarias e o preço das reparações,  escolhi Bosch marca que se tem mostrado muito satisfatória.

Punha-se depois a questão de onde comprar.
Atualmente a escolha é restrita face ao gigantismo de lojas como a Worten, Rádio  Popular  e quejandas, onde já  comprei  sempre com a sensação  que o atendimento era insatisfatório, incompetente,  nada profissional, entregue a uns empregados mal preparados, sem a menor capacidade para esclarecer dúvidas.

Entretanto  assistira a um programa na TV onde eram comparados preços,  concluindo-se que, nas chamadas lojas de bairro se conseguem negócios mais vantajosos com atendimento à  altura, personalizado como se pretende, visto que a despesa base dessas mesmas  lojas, em termos de pessoal e instalação,  é baixa se comparada com as grandes superfícies..

Averiguei e constatei que as ditas lojas escasseiam - são  esmagadas pelas outras, as que se situam nos shoppings ou adjacentes aos supermercados.
Ainda assim descobri e visitei uma sobrevivente  que  me agradou em absoluto - conversaram comigo ( a dona, uma experiente dona de casa ...), esclareceram todas as minhas dúvidas e um funcionário visitou-me mesmo antes da compra se relizar para, in loco,  determinar o modelo a escolher, que se  adaptasse aos móveis da cozinha - mesmo o que eu queria,  mesmo como  eu gosto.

Hoje chegaram os dois novos electrodomésticos.
Já  cozinhei neles.



O forno ...

... e a placa.





Ainda tenho dúvidas - são muitos botões, muitas opções, muitas seleções, muita modernice.
Nenhum  problema.
Amanhã volto à loja.
Serei esclarecida.
Como eu gosto.
Como eu quero.

Viva o comércio tradicional.
Viva!

Beijo,
Nina 

29 comentários:

  1. Hoje em dia já se compram a prestações suaves a pagar em um ano. Na Rádio Popular, por exemplo ( Passe a publicidade)
    .
    Confira: * Amor ... ou castigo do coração? *
    .
    Deixando saudações poéticas.
    .

    ResponderEliminar
  2. ES CIERTO PARECE QUE SE PONEN DE ACUERDO;)
    IMAGINO QUE ESA COCINA SERA GENIAL.
    CHAUCITO

    ResponderEliminar
  3. Querida Nina: estas avarias logo no início do ano não são nada agradáveis, mas depois logo te hás de habituar aos novos eletrodomésticos. Belas compras!Que durem bastante .
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  4. Também para a compra de electrodomésticos prefiro o comércio local. E não me tenho arrependido.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Normalmente quando uma coisa avaria, nunca é filha única.
    Antes do Natal, foi o meu pc, a impressora, a TV e o Smartphone.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. O que pifou aqui logo depois que cheguei foi me purificador de água da Brastemp (em comodato)
    Vazou água que estragou as gavetas da bancada da pia da cozinha. Gavetas recém trocadas.
    Prejuizo grande (com as gavetas).
    O Purificador eles vem trocar a peça. Mas eu quero a troca do aparelho.

    Achei essa placa de cozinhar muito chique.

    ResponderEliminar
  7. Nina na casa do Porto numa noite de trovoada queimaram-se todos os eletrodomésticos e foi um dissabor!
    Antigamente havia poucas e boas marcas e duravam anos e anos!
    Hoje as coisas são feitas para durarem pouco e diz quem sabe que se compra muito gato por lebre!
    Mas é bom vermos novos elementos na cozinha e até apetece usar e abusar dele!
    bj

    ResponderEliminar
  8. Um dos meus fornos também avariou, está na arrecadação à espera de ser reparado, por sorte tínhamos um de reserva e tenho-o a uso.
    Em breve já mexes nisso de olhos fechados vais ver.
    Bjcs

    ResponderEliminar
  9. Que azar, diz que um mal nunca vem só e esse foi mesmo o caso. Espero que os novos electrodomésticos estejam à altura. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. Não há dúvida que o comércio tradicional é bem melhor.
    Eu já trabalhei numa dessas grandes superfícies e formação nem vê-la. Tens que te desenrascar, ler manuais, enfim...
    No tradicional encontramos pessoas com largos anos de experiência e um atendimento muito mais personalizado.

    ResponderEliminar
  11. Infelizmente já são tão poucas essas lojas tradicionais.
    Gostei dos dois electrodomésticos.
    Eu também tive de substituir a minha máquina de lavar loiça a semana passada, a anterior durou 20 anos, vamos ver quantos esta vai durar.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  12. Claro que sim, Ninita, concordo em absoluto com tudo o que dizes em relação ao comércio local que não troco por nenhum outro. É assim que me governo e detesto cada vez mais a massificação, a desumanização das grandes superfícies... :(
    Já agora, parabéns pelos novos bichanos, espero que durem tanto como os primeiros, pelo menos!

    ResponderEliminar
  13. OI NINA!
    TAMBÉM PREFIRO OS ESPAÇOS FÍSICOS PARA COMPRAS DE ELETRO DOMÉSTICOS PRINCIPALMENTE, OUTRAS COISAS ATÉ JÁ ME AVENTURO EM LOJAS VIRTUAIS.
    LINDOS, FORNO E PLACA, FAÇA BOM PROVEITO.
    ABRÇS.
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Nina,sucesso com tuas lindas e necessárias aquisições! Sim,eu prefiro sempre o comércio local. Ontem mesmo passou no jornal por cá que os grandes hipermercados estão sendo trocados pelos mini mercados. Eu detesto ir no carreful ou outros grandes! Vamos ver se calha nosso encontro este ano. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  15. É assim sempre, quando avariam é aos pares. Felizmente que existe muito onde comprar. Haja dinheiro :))

    Hoje:- Degustação em universo sagaz
    -
    Bjos
    Votos de uma feliz Quarta-Feira

    ResponderEliminar
  16. Também vi essa reportagem... e já pratico!... Retornar ao comércio tradicional, onde o atendimento, é incomparavelmente melhor! E os preços... compensam!
    Acho que fez óptimas aquisições!
    Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  17. Ótimas aquisições, achei a placa refinadíssima,que nem dos programas de culinária da televisão, aqui em casa temos um fogão mesmo.

    ResponderEliminar
  18. We have had a Bosch dishwasher for 17 yrs.Perfection.:)Silent..never needed repair,:)
    Have never had problems w/ Kenmore washer/dryer top loading..but front loading ..cannot remember the make? zero..awful..never again..the rest is Kitchaen Aid..ovens..cooktop..my cooktop is like yours..I baby it:)

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde Nina,
    Parabéns pelas escolhas! Óptima marca.
    O comércio local não tem nada a ver com o das grandes superfícies de onde vimos com todas as dúvidas.
    Pena que haja tão poucos.
    Fico a aguardar os cozinhados confeccionados nos seus novos electrodomésticos;))!!
    Beijinhos,
    Ailime
    (É bem verdade que avariam todos ao mesmo tempo...;))!Sina nossa.

    ResponderEliminar
  20. Olá Nina, muito me agrada o teu talento para a escrita. Como consegues com as arrelias do dia-a-dia escrever textos de tão agradável leitura. Tens razão o comercio tradicional tem que ser apoiado. Também têm direito á vida. Boas aquisições. Agora espero impaciente por novas notícias de como te vais entendendo com os recém-chegados. Beijinhos e muito sucesso!

    ResponderEliminar
  21. É, amiga, é preciso se modernizar, até na cozinha. Por mais que a gente seja conservadora, é muito bom descobrir as novidades! Muito lindos os seus novos aparelhos!
    Abraços e boa semana!
    http://dedeartes-denise.blogspot.com

    ResponderEliminar
  22. A minha mãe mudou de casa e teve logo de meter a placa e o exaustor. Depois o esquentador. A seguir avariou o forno e a máquina de lavar. Realmente, é mesmo assim.

    ResponderEliminar
  23. Hola guapa.
    Queda y lucen espectaculares!!! Son geniales!
    Gracias por compartirlos.
    Un beso fuerte

    ResponderEliminar
  24. Oi Nina... estou na intenção de comprar um fogão novo, mas este igual a sua placa é muito moderno pra mim, rsrsrs
    Beijosss

    ResponderEliminar
  25. Infelizmente tenho de discordar, aqui, onde vivo as lojas locais são bem mais caras e com menos escolha. No ano passado tive de trocar (por avaria) o meu forno, a máquina de lavar roupa e a placa. Quanto às marcas não se iluda, a maioria dos produtos Bosch já não são fabricados na Alemanha, de alemão apenas têm o nome. Comprei a minha placa à 2 meses e voltei a comprar uma placa a gás porque já há inúmeros estudos a mostrar os perigos da indução, não se esqueçam que elas funcionam com campos magnéticos, por isso não aconselham grávidas a estar perto das placas de indução enquanto estão a funcionar. Se repararem a maioria dos concursos e emissões televisivos do outros países usam placas normais a gás.

    ResponderEliminar
  26. Pois não duvido da sua experiência - que não é a minha.
    Quanto à Bosch vem acompanhada de um certificado made in Germany.
    A placa que comprei não é de indução, é vitroceramica igual à que substitui e com quem tive uma longa e feliz relação. Quanto à opção gaz, não simpatizo embora lhe reconheça vantagens.
    Obrigada pelo comentário. Assim se alargam horizontes.

    ResponderEliminar