terça-feira, 23 de abril de 2019

Parque de Cerveira





No último sábado, véspera da Páscoa, tivemos um dia incrível, quente, com céu azul, sem vento, quase um dia de Verão.
Rumámos a Cerveira onde nos confrontámos com tal multidão que até estacionar o carro era missão impossível.

Desistimos e adiámos a ida à feira para depois de almoço.

Sendo então demasiado cedo para almoçar, rumámos ao Parque contíguo e aí, a multidão não existia - as pessoas queriam fazer compras e não contemplar a natureza.

Foi uma decisão acertada, com vastos espaços verdes, o rio Minho correndo ali ao lado e tapetes de flores silvestres.

No INSTAGRAM, postei já algumas fotos, mas são tão bonitas, tão convidativas como sugestão para um passeio em contacto com a natureza protegida, que aqui deixo algumas.



Um braço do rio atravessa o parque.
 Há sombra, há sossego, há o canto dos pássaros e no rio, peixes.




Existe uma ciclovia.
Curiosamente cruzei-me com vários ciclistas, todos espanhóis - não esquecer que atravessando a ponte estamos na Galiza.

Os campos verdes, imensos, aparecem assim, com vastas áreas floridas

São momentos de uma calma preciosa, em que os sentidos se deleitam

Casando com as amarelas, aparecem estas, flores roxas, silvestres, humildes, enfeitando o quadro.

E estas brancas!
E quantas mais existirão ...
Quero voltar.

Não por acaso, mas propositadamente e aqui, neste Parque,  me perder sem relógio, esquecida da vida.
Coisa melhor não existe!

Beijo
Nina

26 comentários:

  1. Lindo demais,Nina! Belo passeio bjs,chica

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde Nina,
    Um parque maravilhoso!
    São locais assim onde também me perco sem olhar ao tempo que vai passando, mas que me dão uma enorme tranquilidade de espírito.
    Boa escolha para o sábado de Páscoa.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito desse beira rio que me parece melhorado... aliás como a maioria dos nossos parques que estão fantásticos!
    ...
    Gosto dos olhares que me convidam a regressar!... um passeio que tenho vindo a adiar!
    Bj

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, Nina
    Há- de ser muito bonito esse recanto português que desconheço. Fabricr tempo sem horas nem minutos e gastar na duração apenas olhos e alma extasiado, é sabedoria.
    Eu festejo o cantarolar da água corrente em rios e riachos, mas assustam-me o fundo escuro de lodo, as pedras que se amontoam, o longe terrífico da fundura. Mais próxima me sinto das flores silvestres e da calma alegria com que pintam a terra.
    As fotos estão muito boas.

    ResponderEliminar
  5. Que lugar lindo! Ótima escolha que vocês fizeram. As fotos ficaram ótimas!

    Sobre o post lá no blog: aqui a casa quase toda (internamente) é um cinza bem claro, Eider White da Sherwin Williams. O escritório é um pouco mais escuro. A casa que eu usei aquele verde foi uma construção de um cliente. Desculpe por não ter identificado as fotos, elas estão guardadas há tempos e não sei quais as fontes!

    ResponderEliminar
  6. Mais um texto sentido, decorado com belas e delicadas fotos que retratam espaços e momentos únicos. Que delicioso lugar! Ainda hei de conhecer.
    Obrigada pela curiosa e maravilhosa partilha!

    ResponderEliminar
  7. Achei um passeio belíssimo.
    Essas flores amarelas me fez lembrar uma Enfermeira que trabalhou comigo e casou usando um bouquet de flores do campo.
    E lembro que tinha flores assim, amarelas.
    Quero ir ai e vê essas flores.
    Mas não quero encontrar calor, como o calor desesperador que temos aqui.
    Tem fotos na Serra da Estrela?
    Fica muito longe de Porto, essa Serra que diz ter neve?

    ResponderEliminar
  8. LINDO PARA PASEAR EN BICI.
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  9. Há seis anos que não vou à Cerveira. O parque está lindo.
    Abraço

    ResponderEliminar
  10. As fotos ficaram lindas! É mais um belo parque para desfrutar a beleza que a natureza nos oferece.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Sair da rotina sabe sempre bem
    Gostei da dica
    js

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Granja do Têdo

    ResponderEliminar
  12. Este local, no verão deve ser muito fresquinho :))

    Hoje:-Quando o sol brilha em desalento.

    Bjos
    Votos de uma óptima Quarta - Feira.

    ResponderEliminar
  13. Um lugar lindo, de grande beleza e serenidade!
    Fiquei encantada a apreciar as fotos!... Acho que também me conseguiria perder por aí, umas boas horas a fio!...
    Belíssima partilha, Nina! Adorei!!!
    Beijinhos! Continuação de uma feliz semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  14. Nina, mais um lugar muito bonito para passear e descansar.
    As fotos são um convite para uma visita.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. bonito passeio com foto mt bonitas bjs feliz semana

    ResponderEliminar
  16. Boa tarde Nina, que lugar maravilhoso, amei, por aqui um outono chuvoso e quase frio, bjs

    ResponderEliminar
  17. Que maravilha! A natureza em todo o seu esplendor! Adorei!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  18. Qué fotos tan bonitas!!! Un día precioso.
    Besitos

    ResponderEliminar
  19. Esse parque é lindo, está bem verdinho! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  20. Oi Nina... um lugar lindo e uma bela escolha para este dia de reflexão e apreciação da vida!!!
    Beijosss

    ResponderEliminar
  21. eu, ao contrário de outros anos, não rumei, permaneci no mesmo lugar. E soube bem o descanso, sem filas nem confusões.

    ResponderEliminar
  22. Parque lindo. Amo flores. Uma linda mais linda do que a outra. Também perderia a noção do tempo por aí.

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderEliminar
  23. Mas um recanto belíssimo que nos apresenta! Ah como eu amo o teu Portugal! Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Esse lugar chama-se Paraíso terrestre! Gosto de quando você escreve sobre a natureza. Tão belos, tão puros. Lembro-me muito dos textos da Cecília Meireles. Beijos

    ResponderEliminar
  25. Nina, vejo seu blog tão vivo, com tantos comentários. Tudo tão primoroso e sensato. Eu continuo escrevendo porque gosto de relatar o que acontece nas aulas e, muitas das vezes, na minha vida. Mesmo que ninguém mais tenha paciência para ler textos. Sim, hoje em dia as pessoas, ansiosas, só querer ver fotos e comentar nas redes. A gente posta, escreve, explica, diz que o que mostramos na foto não está à venda e, mesmo assim perguntam "quanto é?" seus textos sao lindos e eu sempre lerei. Bjs

    ResponderEliminar