quinta-feira, 20 de junho de 2019

Bolo de cenoura e noz

Comi uma vez em Frankfurt, na Alemanha, um bolo de cenoura  que ficou para todo o sempre gravado na minha memória.
Foi em Fevereiro e estava muito, muito frio, com um céu cinza chumbo, anunciando neve que não tardou em cair.
Passeando pela cidade antiga, dei de caras com uma confeitaria/ café convidativa. Entrei. Depois de instalada numa mesa junto à janela, pedi um chá e uma fatia de bolo.
- Pode ser de cenoura? - perguntaram. 
- Sim - respondi, embora a sugestão não me seduzisse particularmente - sou, por natureza, adepta dos "de chocolate".
Chegou o chá acompanhado pelo bolo - tão perfumado, tão fofo, na textura certa, ligeiramente húmido e com uma suculenta cobertura de creme de limão. Comi e guardei desde então a experiência.

Tendo apetência para confecionar bolos, tentei por várias vezes o "de cenoura". Mas nunca sequer me aproximei daquele comido em Frankfurt.

Na net, o que não falta são receitas deste, doutros e de todos os tipos de bolos.
Cheguei porém à conclusão que, salvas raras exceções, as receitas da net são tudo menos fiáveis. Tenho tido repetidos fracassos, seguindo embora, escrupulosamente, as receitas. 
Aliás, quando entrei neste mundo cibernáutico, numa tola atitude de nova-rica, desfiz-me de um grande número de publicações culinárias, que vinha acumulando desde há muito. Repito, uma atitude tola!
Felizmente conservei a minha bíblia - O LIVRO DE PANTAGRUEL - graças ao qual dei os primeiríssimos passos na cozinha. A ele e a uma amiga experiente, fui aos poucos, muito devagarinho, num processo de fracasso/êxito, evoluindo até ao ponto de garantir a autonomia e sobrevivência do recém formado casal. O pior mesmo, foram os primeiros meses, as primeiras tentativas,  aqueles em que, teoricamente, tudo corre bem e a mim (desgraçada)  tudo saí intragável.
Desabafos!

Voltando ao que aqui hoje me traz - o bolo de cenoura.

Na semana passada, imprudente, decidi experimentar uma receita proposta num qualquer site e ... saiu uma porcaria! Uma grande porcaria. O bolo cresceu pouco, enqueijou e a cobertura talhou. Bem feito para eu não ser parva! 

Esquecido o fracasso, bolo atirado ao lixo, encontrei na FNAC um livro de culinária que despertou o meu interesse. Desfolhei-o e pareceu-me credível. Comprei-o. E dele tirei a receita que hoje apresento - introduzindo algumas alterações.





BOLO DE CENOURA COM NOZ

Açúcar - 350 g
Ovos - 3
Cenouras raladas - 3
Óleo - 200 ml
Farinha - 240 g
Fermento - 2 colheres de chá
Nozes - 100g


Cobertura

1 pacote de queijo Philadelphia
1 chávena de chá de icing sugar
2 colheres de chá de sumo de limão
Raspa de 1 limão

Preparei a massa do bolo na Bimby apenas porque é um processo prático, mas poderá ser feito de forma tradicional.

Liguei o forno a 180 graus e untei uma forma com manteiga, polvilhando-a depois com farinha.

- Comecei por ralar as cenouras e as nozes.
- Bati os ovos com o açúcar;
- Juntei o óleo;
- Adicionei as cenouras e as nozes, a farinha e o fermento. Bati até obter uma consistência cremosa e homogénea.
- Levei ao forno durante 50 minutos;
- Desenformei e deixei que arrefecesse.


Comecei por deixar que perdesse calor sobre uma grelha e, só então, o coloquei no prato


Preparei a cobertura, misturando o queijo com o icing sugar.
Juntei o sumo de limão, misturando bem.


A raspa da casca de limão é absolutamente vital.
 Dá personalidade à cobertura, quebrando o excesso de doçura que poderia enjoar.

Cobri o bolo.
Salpiquei com a casca de limão ralada.




E, assim, de repente, viajei até Frankfurt, sentei-me na mesma mesa junto à janela, na mesma pastelaria, na mesma  cidade velha, no mesmo gelado mês de Fevereiro.
Venham cá  agora dizer que isso da "máquina do tempo" é pura ficção", que eu dou a provar uma fatia deste bolo e vamos ver se não viajam até ao mais recôndito paraíso! 

Beijo
Nina


28 comentários:

  1. APETECE COMERLO!!!
    TIENE QUE ESTAR BUENISIMO.
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  2. O bolo tem tão bom aspecto, Nina... que será fácil imaginar que ele me levaria ao infinito e mais além!... :-P
    Se uma receita desse livro resultou tão bem logo à primeira... haverá fortes probabilidades desse livro conter outros preciosos tesouros... digo eu!... :-))
    Hoje também deixei a imagem de um bolito, com que gosto de perder a cabeça de vez em quando... um São Marcos... na versão da casa, que ganhou o prémio do melhor pastel de nata na região de Lisboa, em 2017...
    Beijinhos, Nina! Esperando que tenha passado um óptimo feriado!...
    Ana

    ResponderEliminar
  3. Querida Nina, este teu bolo parece-me ótimo!
    Já vou guardar a tua receita, mas vou baixar só um bocadinho os gramas no açúcar!
    Ainda solteira fiz uma compilação das receitas da Burda! Traduzi algumas para a minha mãe ter acesso! Ainda hoje consulto esta relíquia!
    Algumas receitas da net são uma desgraça, mas um dia destes confecionei a rigor o pudim yorkshire e ficou igualzinho ao do Jamie Oliver, que está no youtube. Fotografei-o para publicar.
    Hoje fiz cascas de laranja cristalizadas para a minha primogénita.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Parabéns pelo bolinho tão apetitoso. Humm...mudei de fogão e o forno novo aquece mais por cima que por baixo o que é mais que mau para cozer bolos. Estou a pensar deixar de os fazer, o que antes saía bem agora sai mal. Também fazia bolo de cenoura e nozes com cobertura de chocolate e havia ainda a torta e a tarte de cenoura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho muito má ideia deixar de fazer bolos. Acho que terá de se adaptar ao novo fogão. Nada substitui o cheirinho de bolo. Melhor que comê-lo é cheirá-lo.

      Eliminar
  5. Vou roubar a receita, claro está, mas este fim de semana não vou fazer. Fiz ontem um bolo que não fazia há séculos: bolo de azeite e canela. Só eu e o marido é que gostamos e como tenho andado a fazer fim de semana sim, fim de semana não bolo de iogurte, ontem fiz este. Estás a ver a quantidade de bolo que vou ter de comer? Acho que vou partir um pedaço e levar para alguém amanhã! Alguém fora de casa que aprecia como eu. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. Olá,

    Eu também sou uma tola porque aqui há uns anos livrei-me da minha coleção de Teleculinárias que eram um verdadeiro tesouro.

    Felizmente mantenho os livros da Maria de Lurdes Modesto, que tanto me ensinam desde sempre.

    Beijinhos
    Margarida
    https://minhacasadopatio.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Debe estar delicioso. Si la imagen es tan buena, el sabor debe ser mucho mejor.

    ResponderEliminar
  8. Não sei se agradeço (não gostar) ou se um dia vou me arrepender mas, bolos, não gosto.
    Quando se faz ou se compra por aqui, esquecemos que existe.

    Nina querida, sou vaidosa como você.
    Não quero está nunca desarrumada.
    Assim que acordo já arrumo o rosto(primeiro) porque ninguém merece vê a gente de cara amassada.
    E o meu medo é morrer sem dar tempo de me arrumar.
    Morrer feia, até posso. Mas desarrumada nunca.

    ResponderEliminar
  9. Gosto tanto de bolo de cenoura!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  10. HUMMM bom aspecto:))

    Derivado ás mini férias, passo para deixar um olá e desejar um feliz fim-de-semana.
    Hoje:-Férias que deixam saudades...

    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta-Feira

    ResponderEliminar
  11. Querida Nina, O bolo ficou com uma aparência irresistível.
    Nunca sigo as receitas exactamente como elas são. Leio-as e depois faço à minha maneira.
    Bom fim de semana.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Que giro, Ninita, deu para viajar contigo. Adorei o texto e salivei com tamanha delícia. Tenho de me aventurar, ainda que, tenha pouca paciência para a cozinha. Obrigada pela deliciosa partilha, fiquei "ougada" com o bolo e encantada com a prosa. :)

    ResponderEliminar
  13. Oi Nina... comi com os olhos esse bolo, rsrsrs
    Receita já anotada!!!
    Beijosss!!!

    ResponderEliminar
  14. Adorei a receita. Sempre faço bolo de cenoura, mas nunca com nozes. Gostei da mistura. Tem um local que vende o bolo de cenoura com a cobertura de cream cheese e eu estava louca pela receita. Agora já tenho essa sua aqui. Muito obrigada por compartilhar.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook

    ResponderEliminar
  15. Tem bom aspeto mas não aprecio doces.
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  16. Querida Nina: para além de ter ficado muito bonito, deve ser mesmo muito saboroso. Salvei a receita pois está testada e aprovada por ti, o que é muito bom sinal.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  17. Nina querida, também não tenho essas vasilhas de Refrigerantes grandes, aqui em casa.
    É o Zelador que separa para mim, quando os moradores jogam fora.
    Já houve tempo que enrolava em jornal e passava fita crepe (adesiva larga).
    Mas achei melhor nessas garrafas transparentes.

    ResponderEliminar
  18. Lindo está esses bolos por aqui. E o sabor com certeza Delicioso. Aqui em casa o mais gostoso de cenoura quem faz é minha filha. Fica 10. Bjs querida

    ResponderEliminar
  19. Oi, Nina!

    Que bela postagem! Fiquei encantada com este bolo! Imagino o sabor maravilhoso!!

    Abraços, Cris

    ResponderEliminar
  20. Com este tempo invernoso que está hoje ia-me saber mesmo bem!!! Tem um aspeto super apetitoso

    ResponderEliminar
  21. Olá Nina!

    Que boloooooooooo
    Ui...estou babando

    Li a sua história:
    Comi uma vez em Frankfurt, na Alemanha, um bolo de cenoura que ficou para todo o sempre gravado na minha memória.

    Também sou adepta dos "de chocolate".
    e, qualquer bolo que seja ligeiramente húmido!

    MUITÍSSIMO GRATA pela sua receita
    assim que eu puder, vou tentar fazer.

    Depois de quase 3 semanas de ausência, estou de volta à blogosfera!
    Aproveito hoje e ando a espreitar os espaços dos amigos,
    e as novidades que fui perdendo...
    Boa semana, beijos da Tulipa
    Ah, tenho que dar ao dedo e colocar em dia os meus 4 blogues
    por isso, tenho post novo, aqui:
    http://tempolivremundo.blogspot.com/

    e, aqui:
    http://pensamentosimagens.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  22. Boa tarde Nina,
    Que bolo tão apetitoso!
    Agora entendo, porque o tal bolo de Frankfurt não lhe saiu da ideia!
    O seu ficou perfeito.
    Eu seria incapaz. Ao contrário da Nina sou um desastre em bolos, apesar de gostar de cozinhar.
    Um beijinho e uma ótima semana (apesar do tempo não estar como desejaríamos).
    Ailime

    ResponderEliminar
  23. Oi Nina,
    O bolo ficou lindo e parece delicioso!
    Beijos

    ResponderEliminar