terça-feira, 23 de outubro de 2012

Comidas, bebidas ...


Quando nos afastamos por uns dias do nosso recanto protetor, uma das dificuldades a enfrentar passa pela comidinha nossa de cada dia.
Não me venham cá com a história que se come maravilhosamente e que tudo são experiências gastronómicas sublimes.
Não são!
Com a verdadeira  e única excepção que é o Brasil, onde, de facto, cada refeição é um ato de quase poesia, na maior parte do restante mundo, comer é uma aventura que ou pode correr bem, ou muito, muito mal.
Se pensarmos nos locais de grande fluxo turístico, a coisa, aí, pode tomar proporções de extrema gravidade ou para o estômago ou para a carteira, se não mesmo para os dois.

Posto isto, diz-me a experiência que os riscos menores ocorrem quando se opta pela culinária italiana, económica, razoavelmente saborosa e minimamente perigosa.

É, portanto, o último refúgio, enquanto que não se regressa ao peixe português imaculadamente fresco e, de um modo geral, à nossa gastronomia tradicional baseada na dieta mediterrânica, saudável e deliciosa.


Confesso, porém, que ao fim de 4 ou 5 dias balançando entre pizzas, pastas e rizzotos, atinjo o ponto de rutura.

Peço, então, um bife, peço peixe grelhado, peço o que me apetecer.

Num desses almoços, carnívoros, repletos de colesterol num bife alto e mal passado, antecedi o pecado com este gracinha:


Patê de atum.
Comido com um pão de sementes, regado com cerveja gelada, foi o pecado que mais dividendos pagou durante a viagem.
A receita está aqui


Foi servida junto a esta marina, nos arredores de Dubrovnik ...

... e foi um almoço perfeito.
Beijos
Nina

23 comentários:

  1. Que maravilha! Aproveita essas maravilhas gastronómicas!Bjs

    ResponderEliminar
  2. Além de perfeito, o local era lindo! E, realmente temos que estar atentos ao que comemos fora de casa.

    Podemos pegar uma grande dor de barriga, no mínimo... A dore de bolso, é quase inevitável,sr beijos,chica

    ResponderEliminar
  3. Oieee, Nina, tudo bem?
    Adorei a sua postagem e a sua referência ao Brasil, meu país.
    Trabalho com alimentos a muitos anos e fiquei muito feliz, realmente aqui é como você citou.
    Obrigada
    Obrigada
    sua amiga do Brasil

    ResponderEliminar
  4. Nina,
    ainda bem que tudo terminou bem!!!!
    abraços de MF

    ResponderEliminar
  5. O que mais me custa, quando viajo,são as refeições.
    O que me vale é o pequeno almoço.

    Adorei Dubrovnik .

    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Hummm Nina esse pate de atum devia estar uma delicia!!! Existem sim bons restaurantes, mas alguns, pricipalmente em lugares turisticos sao sim muito caro...

    Bjss rose jp

    ResponderEliminar
  7. Olá Nina,

    apreciando esta paisagem e a passeio, creio que nenhum excesso gastronômico
    abale nosso metabolismo! Muito bom ter sido um almoço maravilhoso. Já bisbilhotei a receitinha do patê e não é difícil, obrigada pela dica.
    Boa noite de sono pra você.

    Beijāo,
    Lu

    ResponderEliminar
  8. Pronto. Li tudo. Viajei muito. Cansei. Adorei. Amei.
    (e vou lhe enviar um "reservado" só de pura curiosidade!)
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Pero yo te aseguro que en el Perú encontrarías al menos una comida de tu gusto, Nina.

    ResponderEliminar
  10. Ah, esqueci de comentar que, de tudo o que mais gostei mesmo foi ter citado o Brasil, o meu querido Brasil. Embora alguns incultos e ignorantes teimam em subtrair-lhe tantas estrelas!
    Seja sempre bem-vinda.

    ResponderEliminar
  11. Nina que lugar maravilhoso! Com uma vista dessas a comida fica até mais gostosa...
    Adorei seu comentário no blog da Helena. Assumir nossos desejos é uma das tarefas mais difíceis da vida.
    Abraços

    ResponderEliminar
  12. LA COMIDA Y EL LUGAR PERFECTOS.
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  13. Pois deve ter sido perfeito, claro que sim. Só aquele cantinho junto à água é de comer e chorar por mais!
    Está ali a base para a minha felicidade : um barco e muita água, tão bom... Vou experimentar fazer a receita, mas não prometo nada ;)

    ResponderEliminar
  14. A paresentação do patê é linda, e lindas fotos da viagem.

    Bjos

    ResponderEliminar
  15. Nina, bom dia!!
    Mais lugares lindos. Que viagem....
    Patê de atum é delicioso, e servido nessas conchinhas(ou são pratinhos?)ficou bem "elegante" também...

    Uma ótima quarta-feira!
    bjs, Nina...

    ResponderEliminar
  16. Olá Nina.
    Gostei muito das fotos. Esse patê de atum é uma delicia, vi a receita e é muito parecida com a que costumo fazer.
    beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  17. Uau! Que lindas fotografias, em um texto envolvente...

    ResponderEliminar
  18. Hola Nina, pasate por mi blog cuando puedas tienes un premio
    besitos.

    ResponderEliminar
  19. Que lindas fotos. O patê parece delicioso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Que imagens amiga,só esta vista já fez o almoço ficar mas saboroso! Achei lindo como serviu o pate de atum,um charme!
    Amiga,lindo dia,bjkas

    ResponderEliminar
  21. Olá, Amiga já estou de volta. Estive e ler a tua "reportagem" das férias e fiquei encantada. Adorei a maneira como descreves as paisagens e as fotos estão uma delicia. Só foi aborrecido a parte do Hotel mas infelizmente isso acontece algumas vezes.
    Quanto às refeições tens toda a razão, a maior parte das vezes come-se mal e paga-se bem. Mas continuo a gostar muito de viajar. Pena não o poder fazer com a frequência que me apetece.
    Beijinhos grandes. Já tinha saudades.

    ResponderEliminar
  22. Não tem jeito... por mais experientes sempre acontece algo que nos pega de surpresa rss tadinha das suas pernas...

    Mas comeu muito bem! adoro a cozinha italiana (neta), mas ela enjoa como tudo na vida... nada como um bifão mesmo!
    Paisagem linda...

    bjinhos

    ResponderEliminar
  23. Great pics again. Have a good time.
    Sunny

    ResponderEliminar