sábado, 11 de junho de 2016

Tesouros

Trying to put some order in my drawers, I found treasures:
- One hand embroidered towel and one cover pillow.
They seem to be really ancient and I consider them true gems that will be put in everyday use!




Mergulhada em arrumações, agora , quando finalmente chegou o bom tempo, descobri tesouros, não perdidos, mas dos quais tinha esquecido a localização.

São peças de enxoval muito, muito antigas. Não sei a quem pertenceram nem as mãos que as criaram, sei apenas que são preciosidades. 
Uma toalha e uma fronha de almofada.
Brancas bordadas a branco, à mão, com perfeição e rigor de outros tempos.
O tecido é linho muito fininho.
São tesouros.




Esta a toalha bordada em ponto Richelieu nas duas extremidades.

Numa delas aparecem, enlaçados, um H e um A - sei a quem se referem.
Sei que a menina cujo nome começava com H a bordou ou mandou bordar para o seu enxoval.

Descobri ainda esta fronha:


Acho maravilhosa a bainha !


Já a inicial do monograma não consigo identificar.

A almofada vai ser posta a uso na minha própria cama, compondo a cabeceira onde se acumulam várias outras, todas em branco.
Quanto à tolha, ainda não decidi, mas, decididamente vai fugir da gaveta onde estava encafuada - as preciosidades só têm realmente valor se vividas, de preferência pelas pessoas mais importantes do mundo - no caso, nós, aqui em casa!
Bom sábado!

Beijo
Nina

18 comentários:

  1. Concordo plenamente, Ninita! São tesouros, são preciosidades que merecem ver a luz do dia e serem apreciadas e amadas por quem lhes dá o devido valor. Adorei!

    ResponderEliminar
  2. Verdadeira preciosidade.
    Muito lindo.
    bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, querida. Fico feliz que tenha gostado.
      Beijo

      Eliminar
  3. Boa noite Nina, preciosidades, tesourinhos, que merecem sair das gavetas, porque nos tempos actuais paga-se um dinheirão por imitações que nem de longe nem de perto se assemelham.
    Adoro essas pérolas.
    Desejo-lhe um bom domingo.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  4. Aqui por casa existem algumas peças desse género, algumas já eram das minhas avós! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  5. Olá Nina, também gosto dessas preciosidades.
    E concordo quando dizes que merecem ser vividas, com todo o seu mérito.
    Beijinhos e um bom domingo:)

    ResponderEliminar
  6. Nina, são mesmo verdadeiros tesouros. Tenho alguns vindos do enxoval da minha Mãe e avó.
    Quanto à tua toalha, tu melhor que ninguém saberás que destino dar-lhe, mas uma das tuas casas de banho merece esse tesouro. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Boa Tarde, querida Nina!
    Tenho guardado o enxoval do meu primeiro filho todo bordado à mão... uma relíquia pois tem 43 anos...
    Já os pontos usados em seus lindíssimos trabalhos eu os aprendi no colégios das Irmãs mas nunca mais fiz nada pelo estilo... Quiçá um dia?!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  8. Sabe tão bem encontrar tesouros assim! Esses são fantásticos, ainda bem que os redescobriste :)

    ResponderEliminar
  9. Nina, usa e abusa!!!
    São lindíssimas essas peças e, como bem dizes, nós - os que agora as temos - é que temos de as usar!
    Tem graça que trago a uso uma muito antiga, para apoio de leitura na cama, que é sempre branca.
    Vou fotografá-la e mostrá-la depois num post.
    A única desvantagem destes bordados é o trabalho que dão a engomar e não podem ir à lavandaria (viriam de lá em fanicos!). Passo os bordados pelo avesso, húmidos, com jeito para que o bico do ferro não fure o richelieu (já me aconteceu... mas consegui remediar!)
    Como vês dás-me excelentes ideias.
    Beijinhos e bom domingo

    ResponderEliminar
  10. Tesouros preciosos querida! Minha mãe trouxe -me a toalha e colcha do seu casamento em rechilier. Bom serão por aí, beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Nossa Nina, você achou tesouros mesmo, são peças lindas... Use muito porque o bonito temos que usar com a gente mesmo, meu marido vive dizendo "porque vai esperar visita para usar o que é mais bonito, nós que moramos aqui, temos que colocar para o nosso uso, rsrsrs"
    Beijos e uma semana iluminada!!!

    ResponderEliminar
  12. Boa noite Nina,
    O Minho não é lindo. É lindíssimo !Só fazendo a experiência de o percorrer de lés a lés como já tive a felicidade de o fazer se pode ter bem a noção de quanta beleza - que a maioria dos portugueses não conhece - existe nessa região encantada e privilegiada.
    Estive nos Arcos e foi a partir daí que iniciámos a descoberta da Peneda-Gerês. Uma aventura fabulosa de automovel parando aqui e ali, muitas vezes sem ver vivalma...;)).
    Beijinhos.
    (Agora verifiquei que estou no "post" anterior, mas como estou no telem. deixo ficar o comentário para não o perder).

    ResponderEliminar
  13. This is a very beautiful old handwork technique!
    Happy day
    beijos
    Crissi

    ResponderEliminar
  14. Nina...também por aqui existem muitas relíquias engavetadas!
    Faço duas lavagens por ano e algumas uso para cortinados pois as janelas são pequenas e eu só uso até ao parapeito!
    Mas que fazer?
    São preciosidades que nós queremos preservar!
    Bj amigo e boa semana

    ResponderEliminar
  15. Nem lembro se ainda tenho algum coisa do casamento. Penso que não.

    ResponderEliminar
  16. Nina, concordo quando disse que as preciosidades só têm realmente valor se vividas. Esses objetos contam histórias das nossas famílias, contam vidas. Beijos

    ResponderEliminar
  17. E que tesouro... Lindo, lindo :)
    Faz muito bem usar, é para isso que servem, para ficar feliz quando olha para eles :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar