segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Janeiro avança!

Não há como deter o tempo - ele insiste em desaparecer sem que disso nos apercebamos, o que é assustador.
Para contrariar essa sensação de vertigem, o melhor é fazer balanços, avaliações de como foi gasto. Isso não vai abrandar a sua velocidade, mas, pelo menos, fica-se com a noção de que esse, o bem mais precioso de todos os bens, foi bem utilizado e rentabilizado.

Para começar, nestas duas primeiras semanas do novo ano, para além das repetitivas rotinas de todos os dias, consegui, nos momentos de lazer, concluir esta manta:



Apenas mais uma, a juntar às várias que já fiz.
Acontece que este esquema - corner to corner afeghan , presente em dúzias de vídeos sobre crochê - é um esquema repetitivo que não exige particular atenção, o que o torna ideal para os serões frente à TV.
Iniciei o projeto com a intenção de dar destino a sobras de novelos, mas, como sempre acontece, acabaram as sobras e a manta estava de longe de concluída, pelo que me vi obrigada a mais compras.
O certo é que, desta vez, não guardei sobras.

A manta será presente que oferecerei logo que a ocasião surja, como, aliás, tenho vindo a fazer com várias outras.
Tornei-me fã desta tipo de prenda, personalizada, única e fora do infernal circuito em que tudo é igual, tudo impessopal.

Portanto, o balanço das duas primeiras semanas do mês e do ano, até está bastante composto.

Entretanto já reinicei uma outra, um reaproveitamento de um projeto de CASACO  a que aderi, mas que, desde o princípio me deixou fortes dúvidas.


Este!

Desfiz, desmanchei, tentei aproveitar o que era aproveitável ... uma trabalheira.

Nesta momento, o projeto de casaco - que eu jamais vestiria - virou esboço de manta.



 


Vou utilizar todo o fio que me entope gavetas, para concluir mais uma manta.

A seguir, gostaria de me aventurar no mundo mágico das meias, mas, não me parece possível que uma amadora consiga tricotar meias olhando a TV. 
Logo, a necessidade de iniciar um dos tais trabalhos que crescem em modo piloto automático.

Para já, despejei uma gaveta! Uma vitória!
Já sei! Já sei que rapidamente voltará a ser ocupada pelas sobras!
É uma fatalidade!
A fatalidade de quem gosta de tricotar. E como fatalidade, convenhamos, que não é das piores, pois não?

Beijo
Nina

36 comentários:

  1. parabens ficou mesmo mt bonitas e as cores sao lindas parabens bjs

    ResponderEliminar
  2. Nina que bonitas mantinhas, feliz daquela que as receber.
    Já agora... reparei no belo par de sapatos que já nos tinha mostrado! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que observadora! Adoro-os e são de um conforto!
      Boa semana, Odete.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Boa tarde Nina,
    O tempo, na verdade, corre alucinadamente e não
    há como o deter.
    No seu caso todos os momentos são bem aproveitadinhos!
    A segunda manta ficará também muito bonita e será uma óptima oferta.
    Beijinhos e feliz serão.
    Ailime
    (Tenho imensas lãs que me ofereceram e não há meio de começar seja o que for;))! Quem sabe, hoje?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Nina,
      E não é que comecei? As malhas vão deslizando e é bem fácil, só que ainda não sei que peça surgirá. Obrigada pelo incentivo. Bjs

      Eliminar
  4. Olá, Nina
    Acho essa manta - a que está terminada - muito bonita.
    Deu-me vontade de fazer uma assim. Tenho tantos restos de lã sem aproveitamento...
    Também gosto de fazer tricot quando vejo televisão. Geralmente faço camisolas, não tenho paciência para sentar em frente à TV de mãos desocupadas... :)))
    Sem que me tivesse sido pedida opinião... :))) vou dá-la assim mesmo...
    A segunda manta eu não gostaria para casaco. Pronto, já disse! Não leva a mal, pois não?

    Votos de uma boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não, Mariazita. Eu também não gostava do projeto. Beijinhos

      Eliminar
  5. Olá Nina, que lindas mantas! Quanto ao projecto casaco dou-te razão eu também não o vestiria. Mas gostos não se discutem. Ando desde o ano passado a colecionar fotos de mantas já tenho umas centenas mas ainda não comecei. Agora ando "numa" de meias. Agora para o rapaz. Bons serões com muitos trabalhos lindos. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom serão, Rosarinho.
      Um dia destes bou surpreender-te com as meias.
      Beijo

      Eliminar
  6. Bravissima:) Bravissimo..Brava!! Bravo:)♥
    And shoes with bows? Always:)

    ResponderEliminar
  7. Mas que trabalho tão bonito. Parabéns. Adorei

    Bjos

    A chave...numa insana desorientação.

    Boa Segunda-Feira

    ResponderEliminar
  8. Trabalhos muito bonitos. Ontem acabei uma túnica em tricô para a neta. Pelo Natal, foi um poncho de croché também para ela. Só ela me faz pegar nas agulhas.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  9. Amiga, eu já me tinha questionado sobre o casaco de croché. Não dei a minha opinião, mas fiquei admirada da menina ir usar aquele projeto! O meu ficou um bocado garrido, mas eu visto-o e faço sucesso! Digamos que há gostos para tudo! A minha filha fez 3 com cores mais sóbrias, mais escurinhas, mas me deu nenhum prá troca!!!
    Mas a manta está linda! As mantas!
    Eu já fiz tantas meias, grandes e pequenas, algumas para doar. Foi a forma de dar com o jeito e já acertei: o calcanhar em liga fica muito bem e é mais fácil de contar carreiras. Se fizeres o modelo que eu mostro no blog (da revista francesa), poderei dar-te umas dicas. Decorando a lengalenga tricotas e vês TV!
    Já estás melhor da gripe? Espero que sim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Muy bonitas las dos mantas, yo támbien estoy pensando en vaciar un cajón lleno de lanas que tengo, la idea de hacer una manta me gusta. Si te animas ha tejer calcetines veras que tambien podras tejer mirando la televisión, casí todo el calcetín puedes tejerlo en modo automatico, menos el talón y la punta que has de prestar atención, animo! ya veras que es fácil. Besos.

    ResponderEliminar
  11. Uns trabalhos lindos!! A mantinha ficou com umas cores muito bonitas . O projeto de casaco ( e já me fizeste rir) vai ser também uma manta muito bonita.
    De momento ando às voltas com casaquinhos de bebé para oferecer a amigas, mas ando com vontade de fazer qualquer coisa num tear que comprei em Espanha. Vamos lá a ver o que vai sair.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  12. Oi Nina... lindo trabalho... janeiro está voando mesmo!!!
    Beijosss

    ResponderEliminar
  13. Olá, Nina!

    Janeiro avança e tu avanças também com as tuas artes manuais, k te não dão tréguas, nem tu queres. Precisas de viajar, de te movimentar em todo o tipo de "coisas". E claro, despejas uma gaveta, mas restos das artes vão para lá de novo. As minhas estão arrumadíssimas e quase intocáveis, mas eu sou alentejana (rs), aliás, tenho algumas vazias.

    Se andasses, agora, na escola, serias considerada uma menina hiperativa, mas das que querem fazer tudo e bem.

    Sou alérgica à lã e não tenho nem uma única peça dessa matéria. Agasalho-me com o ar condicionado para o quente, obviamente, e roupa de algodão.
    Na rua, não consigo entender, como é que o pessoal usa um montão de roupa, mais casaco, cachecol, mais cachecol e luvas. Eu não tenho nem cachecóis, nem luvas, por opção e por não sentir necessidade deles.

    A mantinha está engraçada e fofa para quem gosta do género. Qto ao projeto do casaco, acho bem que tenhas desistido, pke já se desmontaram os sapins de noel (rs).

    Há novo poema e vídeo. Aparece, qdo desejares.

    Beijos e boa semana.

    ResponderEliminar
  14. Ninita, querida... é realmente assustadora esta velocidade que o tempo adquire. Bem, sempre assim foi, a nossa perceção é que muda/mudou. Tento ser feliz um bocadinho, todos os dias. Seja lendo, vendo um filme, conversando, passeando, e claro está, agarrando-me às linhas, lãs, trapos, farrapos... (foi para rimar, rs) Acho que fazes muito bem, adoro a primeira mantinha e gosto mais ainda da segunda, pela alegria do colorido. Tão linda!
    Quanto às meias, não será trabalho que se possa fazer em frente à tv, isso não, mas pode ser em frente ao skype, rs... se precisares, já sabes! :)
    Beijinho muito grande, até amanhã!

    ResponderEliminar
  15. Me encantan las mantita que se hacen con restos de lana.
    Besos.
    Chary :)

    ResponderEliminar
  16. É verdade, o tempo passa a correr mas a manta está linda.

    ResponderEliminar
  17. Nina, é assustador o quanto tricota. Não sei onde consegue tempo, já que o seu pensamento viaja tanto.
    É maravilhoso ganhar uma prenda dessas, feita com tanto carinho e capricho. Maravilhosa. Bjs

    ResponderEliminar
  18. Tienes razón, enero ya va por la mitad. Justo pensaba eso mismo esta mañana. Y sin darnos apenas cuenta, habrá terminado. Así pasa el tiempo...

    ResponderEliminar
  19. Oi, Nina!

    Adorei as mantas, lindas!! Certamente, são uma ótima opção de presente...

    Abraços, Cris

    ResponderEliminar
  20. Aqui há uns tempos decidi que ia acabar com os restos de tecidos nas gavetas. Fiz duas mantas e a gaveta continua cheia com outros tecidos que entretanto comprei. Agora vou "acabar" com os restos de lãs que por lá andam e já tinha pensado em ir fazer uma manta. Coisa rápida, simples, sem loucuras de combinações especiais. Só quero gastar as lã existentes e não comprar mais nenhumas. A ultima vez que fiz isso, comprei lãs novas que voltaram a sobrar.

    ResponderEliminar
  21. OI NINA!
    É UM GRANDE APROVEITAMENTO DE TEMPO, HAJA VISTO AS COISAS LINDAS QUE FAZES.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  22. Nina, geralmente quando faço trico, já passa das 10 da noite, é quando estou desocupada, mas arranjo 10 minutos para matar o vicio.
    Nesta altura são as lâs, as meias (sempre as meias) e agora um casaquinho de bebe, só pelo gosto de tricotar.
    Adoro as tuas mantas, sempre bem conjugadas e de bom gosto. Um dia destes faço uma grande, para o meu sofá.
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida São, adorei a tua visita. É muito bom ter notícias tuas.
      Desejo-te um feliz 2018 com muito tricô. Beijinhos

      Eliminar
  23. As mantas estão muito bonitas. Difícil dizer de qual gosto mais. Não tenho feito nada,excepto treinar na máquina de costura, mas ainda não está perfeito. De resto este frio deixa-me pouco entusiasmada para fazer grandes coisas.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  24. Nina ficaram lindas e por certo serão do agrado de quem as receber!
    Eu parei com os "tricôs" pois as minhas arteroses nas mãos impedem de realizar projetos que vão ficar adiados!!!
    bj

    ResponderEliminar
  25. Te ha quedado una mantita preciosa y aprovechando lanas.
    Besitos guapa

    ResponderEliminar
  26. Ambas bem bonitas e super originais! Fazendo certamente as delícias, de quem as receber... pois iguais... não conseguirão encontrar...
    Gosto imenso da conjugação das cores, de ambas!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar