quarta-feira, 21 de setembro de 2016

A caminho de casa, rumo ao norte ...

Este é mesmo o derradeiro apontamento relativo às férias no Algarve.
Falarei da viagem.
Se saímos pela manhã, fazemos pontaria para almoçar no Alentejo onde tudo, mas mesmo tudo, é delicioso, com muitas migas, muita açorda, muito porco preto, muitas sobremesas à base de amêndoa. Está tudo dito!
Portanto, desta vez, uma vez mais, repetimos o almoço em Castro Verde, no restaurante Celeiro - bom, bom, bom!


Iniciámos as hostilidades com esta beleza- espargos com ovos!
Para a próxima dispenso entrada que não tenho capacidade para tanto - com grande pena minha!


Whenever I return from Algarve, I like to have lunch in  Alentejo where the cuisine is delicious.
This time, I had lunch in Castro Verde, in Celeiro, a tipycal restaurant..
I ate eggs with asparagus and pork with migas an Alentejana specialty.
For dessert, I chose Sericaia, a really  divine sweet.


Depois, uma dose (que dá e sobra para dois ) de porco preto com migas de espargos
 e batata doce assada ...


Tão bom!
Tudo!
A carne, as migas, a batata doce!
Em casa nunca cozinhei migas - não sei se sei!
Sei que carne de porco como esta, só no Alentejo onde os porquinhos são criados em liberdade e alimentados com pasto e bolota - nada de ração industrial - o resultado é uma carne indescritível, grelhada e temperada apenas com sal!

Para terminar, Sericaia!
Com muita pena minha, apenas olhei, incapacitada!
(Para a próxima, repito, nada de entrada).

A sericaia, uma sobremesa tipicamente alentejana, é uma espécie de bolo, quase um pudim, servido com uma ameixa

É muito bom e muito bonito!


Averiguei!
Prepara-se assim:


Ingredientes:
- 1 litro de Leite
- 12 ovos
- 450g de açúcar 
- 125g de farinha
- 1 pau de canela
- Limão
- Canela em pó
- Sal



Preparação
Ligue o forno e regule aos 225ºc. Leve ao lume, a ferver, o leite juntamente com a casca de limão, o pau de canela e uma pitada de sal. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco. Entretanto, bata muito bem as gemas com o açúcar até obter um creme fofo. Dissolva a farinha no leite fervido. Em seguida, junte o creme de gemas e açúcar e, mexa sempre, até engrossar, em lume brando. Retire do lume, tire a casca de limão, o pau de canela e deixe arrefecer. Bata as claras em castelo bem firmes e incorpore-as no preparado anterior, que deverá estar frio ou ligeiramente morno. Deite o creme, num prato fundo bem largo, às colheradas, para que depois abra rachas. Polvilhe com canela e leve ao forno ±25mim.
Pode acompanhar com ameixas em calda.

A receita veio DAQUI!


E pronto!
Já comecei a penitenciar-me, refém da culpa!
(É mentira! Não me arrependo de nada!)


Beijo
Nina






29 comentários:

  1. Gosto tanto do alentejo! E da comida!? Só tenho boas recordações. Fiquei mais aliciada com o prato e com s entrada do que com a sobremesa. Não sei porquê, ando mais virada para salgados do que para doces. No entanto, adorei a receita. Obrigada, querida!

    ResponderEliminar
  2. Boa noite, querida!
    Os bolinhos com amêndoas são deliciosos e me deliciei por lá...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  3. Conheço muito mal o Alentejo. Mas a sua gastronomia é famosa.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Algarve, alentejo...
    Há uma certa musicalidade nessas palavras.
    E também sonhos.
    Um dia vou conhecer melhor Portugal.

    A sericaia promete.
    Obrigada pelas imagens e pela receita.

    Tenha um lindo dia, Nina!

    ResponderEliminar
  5. Pois é Nina...com essa entrada eu já não conseguia provar mais nada!
    Adoro a região e espero regressar no próximo verão!
    Olhares que abrem o apetite!!! Bj

    ResponderEliminar
  6. Somos um país com boa mesa de norte a sul, é tudo tão bom!
    bjinhos

    ResponderEliminar
  7. Não sei se o comentário anterior ficou ... mas dizia eu que temos boa mesa e somos bons garfos :)
    bjs

    ResponderEliminar
  8. Tanta coisa boa! Vou confessar uma coisa, nunca fui ao Alentejo e gostava tanto de conhecer!!! Beijinhos e obrigada pela receita.

    ResponderEliminar
  9. Dearest Nina,
    I am glad that I have already eaten something - otherwise I would now starve ahead of your pics ;o)) Sounds yummy!
    Lots of hugs!
    Traude
    http://rostrose.blogspot.co.at/2016/09/rostrosige-herbstfarben.html

    ResponderEliminar
  10. Que maravilha tinha que ser no meu Alentejo para comeres só coisas boas...um beijinho e resto de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  11. Olá Nina: pela descrição e só de ver as fotos já fiquei com água na boca. Tantas delícias. A sericaia deve ser uma delícia. Obrigada pela tua gentileza em partilhares a receita.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  12. Olá... desde norte a sul o nossa gastronomia é muita rica. O que mais gosto no alentejo é o gaspacho e a carne de porco alentejana concorda? Bjinhos

    ResponderEliminar
  13. Nina minha querida, amei a compartilhamento de um pouco de suas férias conosco, através das fotos e relatos é como se por alguns minutos possamos também estar a viver o momento bjucas e lindo retorno

    ResponderEliminar
  14. Tantas coisas boas, mas essa sericaia... Ai, ai!!!

    ResponderEliminar
  15. Adoro sericaia. Com e sem ameixas marcha!

    ResponderEliminar
  16. É isso mesmo, Nina, aproveitar bem as delícias, sem culpas.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Qué rico, qué buenas fotos las que nos traes hoy día.

    ResponderEliminar
  18. Gosto muito do Alentejo e adoro a comida típica do interior alentejano. Migas, tão bom! E tudo.
    De uma maneira geral a gastronomia portuguesa é toda boa, pena andarem a estraga-la com modernices. Obrigada pela receita.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  19. Querida Nina, nós fazemos o mesmo, na ida e na volta!!!
    Penso que, da última vez, para sul, parámos aí e também comemos nesse restaurante! Eu fujo do porco e escolho açorda de cação. O meu marido é que come o tal porco (se é preto... nunca chegamos a saber!...) e a sericaia. Eu vou à fruta... e às vezes nem isso... por já não caber!...
    Sabes fazer migas, sim senhora! Eu vou publicar as que fotografei há algum tempo, mas ainda não redigi o texto para as acompanhar!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Um almoço que me agrada imenso.
    Também não conseguiria comer a sobremesa.

    Adorei as tuas belíssimas e "apetitosas" fotos!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  21. Ai Nina, tudo delicioso... eu também como sem arrependimentos, rsrsrs
    Beijosss

    ResponderEliminar
  22. Se com o camarão eu desmaiei, com o porco preto eu nem sei. Prato espetacular, incluindo a apresentação da sobremesa, outro espetáculo, a parte!

    ResponderEliminar
  23. Até já fiquei com fome só de olhar para estas imagens!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  24. Te dejo mi blog de poesia por si quieres criticar gracias.
    ‌Me gusta mucho el tuyo.
    http://anna-historias.blogspot.com.es/2016/09/muerte.html?m=1

    ResponderEliminar
  25. Boa noite Nina,
    Fiquei com água na boca,))!!
    Adoro migas, espargos com ovos, porco preto, açordas!
    Tudo o que seja alentejano.
    Não aprecio muito doces, mas a sericaia é a minha sobremesa favorita (e papos de anjo que não como há anos e anos,))!
    (As minhas origens têm apenas o Tejo a separar-nos do Alentejo e há muitas influências,)).
    Obrigada por ter partilhado a receita, uma das poucas que já tenho feito e me sai bem!
    Beijinhos e óptimo fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  26. A sericaia atiçou minha gula.Aí meu Deus, achou q vou pecar! Alentejo eu sonho em descobrir com calma. Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Nunca fui ao Alentejo, por isso o que conheço da cozinha de lá é o que eu faço. Assim sendo não é de estranhar que só conheça sobremesas (essas tais ricas em amêndoa) :P Nunca como migas ou açorda, mas qualquer dia tenho de tentar preparar uma delas (quiçá ambas). Essas migas ficaram-me debaixo de olho, que aspeto incrível :D

    ResponderEliminar