domingo, 16 de outubro de 2011

Segredos!

No canto de um recanto sombrio, ao abrigo do olhar dos visitantes, descobri uma espécie de viveiro de plantas, estacas, caules, galhinhos espetados no solo, em recipientes improvisados, mantidos na discreta penumbra da sombra de gigantescas árvores.
Foi por acaso que o descobri, mas foi um feliz acaso.
Revi-me no processo de multiplicação de espécies vegetais, a partir de um nada, de um talozinho que, inconscientemente, se dispensa, se joga no lixo.
Não o faço!
Algo me impele a tentar fazer a vida brotar de uma insignificância e, quando o consigo, o sabor delicioso da vitória, do dever cumprido, invade-me.



O cuidador atento providenciou as condições adequadas e deixa que a natureza faça o resto.
São Espadas de São Jorge que se multiplicam a partir de fragmentos das folhas ou  de secções da planta com um pouco de raiz.
Será, em breve , uma bela orquídea, uma rainha que, ainda que na penumbra, ocupa já o seu trono, num lugar destacado.
Parece um cato carregado de espinhos que, inesperadamente,  se remata com uma frágil flor.

Tantas promessas de abacaxi!

Protegida do vento, no alto de um poste, procurando luz, exibe-se esta espécie.

Uma  espessa cortina de palmeiras, escondia este tesouro.
A partir de um, fazer dois ou três vasinhos, de uma estaca obter uma planta adulta, de uma amarela, desfolhada, desidratada criatura, progredir para um saudável e viçoso ser vivo, é um feito grandioso, é a diferença entre a vida e a morte, é uma glória, muito, mas muito mais reconfortante que a mais exótica e dispendiosa compra num horto.

Não entendo porque escondiam este espaço dos olhos dos visitantes.
Deveria ser exibido, pedagogicamente exposto como exemplo a seguir.

Beijos
Nina

19 comentários:

  1. Querida Nina, fantástico o teu ananás! Fiquei estupefacta! Maravilha. :)

    ResponderEliminar
  2. Nina,

    É lindo o que você escreve sobre as plantas. Dá pra perceber o quanto você as ama.
    Hoje, eu estive numa loja que vende plantas. Eu queria descobrir o nome de uma suculenta, mas não tinha muitas por lá.
    Mas vi muita plantas lindas, mas esqueci de fotografar. Rs
    E você ainda faz poesia pra nos aprensentar as plantinhas. Lindo demais!
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Adorei as ideias, é fantástico como num pequeno vasinho que parecia para nada servir se pode embelezar tanto um espaço! Adorei! Bjs

    ResponderEliminar
  4. E sem dúvidas, um belo exemplo! beijos,lindo domingo!chica

    ResponderEliminar
  5. wow, so schöne Pflanzen ;)

    einen schönen Sonntag wünsche ich dir

    liebe Grüße Barbara

    ResponderEliminar
  6. Oi Nina,
    vc explorou cada cantinho deste resort, e descobriu o berçário das plantas, eles devem usar esse lindo lugar pra tratar as plantinhas e depois trocar com algum vasinho que estiver precisando de repouso, rsrsrs.
    Beijos
    Lola BH

    ResponderEliminar
  7. Que coisa mais linda tuas plantas!!!!Fiquei de boca aberta.
    Quanto à tua importancia,pelo amor de Deus,vc é a mais importante além mar da minha vidaaaaaaaa!!!!!!!!!haha
    Tenho tido problemas com o blog e não consigo comentar,vamos ver se hoje vai.
    Enfim,apesar de não conseguir chorar,estou bem.
    Ah,compramos uma cachorrinha,Meggie,com cara de malandra,muito charmosa.
    Um beijo bem grande em vc.
    Fique com Deus.

    ResponderEliminar
  8. Nina querida!

    Que saudades! Saudades dos teus escritos, sempre tão geniais e ao mesmo tempo simples - adoro te ler. Penso o mesmo sobre plantas, vidas em pedacinhos de caules que se julga morto, ou: -como pode uma sementinha tão mínima produzir belas flores e frutos? A Inteligência que rege este universo é maravilhosa. Estou louca pra te contar, que após muito desejar, recebi uma visita que me presenteou com "Um Novo Mundo" - Eckhart Toole, que havias indicado. Estou devorando, é muito bom, necessita de calma e paciência para assimilar, mas é maravilhoso. Obrigada amiga por tão valiosa indicação. Um abraço.
    Dinorah

    ResponderEliminar
  9. Nina, lindas suas plantas,muito bem cuidadas pela excelente jardineira...Besitos e linda semana

    ResponderEliminar
  10. Carissima Nina che belle queste piante....
    poi quella dell'ananas.....
    Buon inizio settimana
    Baci
    Sabry!!

    ResponderEliminar
  11. Minha vózinha ficaria louca aí. Ela é apaixonada por plantas. Por onde passa, carrega uma mudinha para plantar ou replantar. Aqui no jardim, ela não deixa os rapazes chegarem perto, ela quem cuida de tudo!! Eles podem molhar e olhe lá!! Hahahaha.

    Amadinha, passando aqui para desejar um ótimo final de domingo e uma semana maravilhosa!!!

    Bjs bjs bjssss,

    Camilla Marins
    www.inventandomoda.com.br
    @blogIModa

    ResponderEliminar
  12. Oi Nina, tudo bem?

    Que flores lindas e muito bem cuidadas. E o
    abacaxi, tão lindo, adorei.

    um beijo

    Regina Célia

    ResponderEliminar
  13. Nina
    Descobriu um verdadeiro berçário, é maravilhoso o milagre da multiplicação das plantas!
    Eu amo as plantas e tudo que planto costuma se transformar em grandes touceiras, desde uma simples bromélia.
    Beijos e uma ótima semana

    ResponderEliminar
  14. Nina, aquele abacaxi que vc plantou a partir daquele artigo já está assim??? Quero ver ele virar um doce bem gosoto, vc vai ter coragem??? Beijos, Gabi.
    descedoponei.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Nina, vim agradecer a visita e o comentário gentilíssimo! Fico encantada com as palavras e imagens com as quais a Ilaine se expressa, são paisagens externas e internas de grande beleza e muito significado! E estou feliz de ter vindo te visitar pois vi a mágica que fizeste com esas plantinhas, teu carinho foi um sopro de vida que as fez reviverem! Parabéns! Beijos, Sandra

    ResponderEliminar
  16. Olá Nina,quanta saudade desse seu cantinho maravilhoso!
    Pelo que posso ver ainda são imagens daquele paraíso por onde você esteve.
    A natureza é maravilhosa,não é mesmo?
    E há quem não acredite em Deus!
    Beijo minha amiga,tenha uma linda e abençoada semana!

    ResponderEliminar
  17. Nina a exploradora!!!! Encontrou essa maravilha e dividiu conosco!
    Amo ver a forma linda que fala das plantas!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  18. Também sou assim Nina, adoro conhecer os mínimos detalhes e fazer descobertas, aquele monte de espinhos com uma flor na ponta aqui no sul conhecemos como coroa de cristo. Bjs!!! Cris!

    ResponderEliminar
  19. Olá, que lindo jardim, adorei a forma como descreveste tudo, eu gosto de plantas mas não tenho a capacidade de cuidar delas, esqueço-me de as regar e acabam sempre por morrer, fico muito triste e então prefiro não ter nenhuma, mas admiro muito quem gosta assim e cuida tão bem.
    Boa semana, bjos doces

    ResponderEliminar