sexta-feira, 5 de setembro de 2014

1202 - As melhores lojas da Holanda!

Há muitos anos atrás - na era jurássica - ir ao "estrangeiro" era um gosto, um mergulho num mundo novo, um banho de civilização ... falo de lojas, que no resto não éramos assim tão diferentes.

Bastava ir a Vigo.
Atravessávamos a ponte sobre o rio Minho, passávamos como flechas por Tui - onde só paravam as compradoras de bacalhau - e aterrávamos na Calle del Principe, fisgadas nas lojas, nas novidades.
E era ver-nos, formigas atarefadas, em correria desenfreada. Conhecíamo-nos quase todas, mas não parávamos em conversa, que o tempo era curto e precioso, e os maridos desesperavam à espera.

Depois, chegou o Corte Inglês, de onde não saíamos fizesse sol ou chuva. Se fosse chuva, era até melhor. Era justificação para de lá não arredar pé. Vivíamos no Corte Inglês desde que abria até que fechava as portas. E comprávamos, comprávamos, comprávamos. No intervalo, almoçávamos.
As compras, volumosas e pesadas, ficavam numa secção própria e só eram levantadas no final da jornada.
Tudo pensado!

Depois, veio a massificação.
Quebrou-se a magia.
O que há lá, há cá, o mesmo em toda a Europa!
De modo que as saídas para compras morreram de morte natural.


Persistem, porém, as excepções.
Aquelas lojas que, miraculosamente, inexplicavelmente, oferecem produtos de marca a baixíssimo preço.
A Liliane, que esteve recentemente na Holanda, falou-me delas e não exagerou.

Excelentes.
A primeira, KRUIDVAT, mais vocacionada para produtos de beleza.
A segunda, HEMA, mais completa, com secções diversas, incluindo artigos para casa, consegue, na minha opinião, ser ainda melhor. 
Corri a Holanda.
Visitei a maior parte das cidades importantes e os seus monumentos.
E em  todas entrei nestes paraísos.
Até uma frigideira comprei, o que me criou alguns problemas no momento de organizar a bagagem.
Se tivesse ido de carro, suspeito que traria móveis ... que eu conheço-me!

Beijo
Nina

21 comentários:

  1. Então e as fotos, onde estão as fotos!?!?
    Isso é muita maldade Nina!!
    Nem da frigideira!? LOL

    ResponderEliminar
  2. Concordo Nina! Hoje em dia, na Europa existem as mesmas lojas em todos os países, é um tédio!! É preciso ir para a ásia e oriente para encontrar coisas completamente diferentes. A mundialização e a globalização foram as culpadas disso. E os artigos típicos dos países e da sua cultura, também estão a desaparecer, é uma tristeza. O que vale, é que de quando em vez, lá conseguimos descobrir uma loja completamente diferente. Também gosto muito da Hema, quando estive em Amsterdão comprei lá um montão de loiça, o marido quase que entrou em desespero ;)
    Depois mostra as compras, ok?
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Oi Nina, eu amo viajar e amo também fazer umas comprinhas, sempre trago alguma coisa dos lugares onde passo, nem sempre acertamos, por isso é legal pegar alguma dicas de quem foi e aprovou... beijosss!!!

    ResponderEliminar
  4. Nina espero que te compres lindas cosas!
    Saludo tico y feliz fin de semana.

    ResponderEliminar
  5. Por favor, me perdoe pela copia e cola.
    Mas hoje é por um motivo especial.
    Levar ao conhecimento de todos aos meus amigos o meu mais recente trabalho.
    Desde já agradeço o seu carinho, sua atenção e sua compressão.

    Vem ai Uma Menina Chamada Esperança!
    Em breve comunicarei o lançamento deste emocionante livro! Que ao voltar no tempo dos nossos antepassados, nos faz renascer para a chama da esperança, - olhar para o futuro e ver nossos sonhos realizados!
    Querida amiga, eu ficaria muito feliz se pudessem me ajudar a divulgar meu mais novo trabalho, o qual foi feito com muito carinho e dedicação para todos os leitores que gostam de viajar entre as palavras de um livro. É um livro juvenil, mas que com certeza vai tocar o coração de todos. Assim é o que eu desejo.
    Penso que estou pedindo um pouquinho demais, mas se for possível me ajudar também curtindo Esta postagem na minha pagina e a pagina deste livro no face eu lhe agradeço de todo o coração.
    Muito obrigada!

    https://www.facebook.com/UmaMeninaChamadaEsperanca?fref=nf



    Logo que tiver uma data precisa do lançamento do livro avisarei a todos.
    Conto com o apoio de cada um de vocês, para a Menina Esperança realizar o seu sonho!
    Desde já agradeço o seu apoio e amizade.
    O meu muito obrigado
    Que abençoe a abençoe hoje e sempre....
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  6. Ola Nina,eu amo a Hema,ca na Belgica tem ,amanha irei la ver umas coisas p niver de joao,beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Há sempre excepções e possivelmente essas loja não pertencerão a grandes cadeias internacionais.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Tenía la misma sensación con los viajes al extranjero cuando era chica, hace poquito tiempo nomás. Era casi como ir a la luna.

    ResponderEliminar
  9. Nina se eu pudesse teria trazido o Krudvait inteiro.
    A Hema, é uma delícia também. Também traria inteira.
    Quero voltar a Holanda muitas e muitas vezes, ainda.

    ResponderEliminar
  10. Nina, lembro-me de vir do Funchal a Lisboa e no que diz respeito a compras era a loucura total. Os Porfírios. Era impensável vir a Lisboa e não ir aos Porfírios. E as encomendas que as amigas nos faziam! Outros tempos.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Esqueci de dizer que o Theo está ótimo.
    Respirando normalmente.
    Que alívio. Para ele e para mim.
    Na próxima semana, retira os pontos.

    ResponderEliminar
  12. Eheh!
    Curiosamente não entro neste género de lojas...quando viajo!
    Perco-me pelos jardins...pelos monumentos e pela paisagem e na Holanda encontrou por certo um pouco de tudo!
    Mas é bom saber...que estas lojas têm produtos interessantes e que vale a pena adquirir os tais miminhos que nos alimentam o ego!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  13. Oi Nina,

    tem razão sobre ser tudo igual e que ótimo ter encontrado lojas exclusivas, dá mesmo vontade de comprar tudo! Ainda bem que você levou o que pode para não se frustrar tanto...
    Ótimo fim de semana pra você flor.
    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  14. E isto para não falar de ir a Badajoz comprar caramelos e a Maria Brizarda ;)

    Mas sim, também encontro esse desencanto de termos tudo e tão igual em qualquer lado :(

    ResponderEliminar
  15. Boas férias e compras.
    Pessoalmente também fui um pouco compulsivo, mas marcas todas cá moram e preços apetecíveis, a todos os gostos e carteiras.
    Chguei a com prr em férias na Suiça, relógio mais caro que na Avenida da Liberdade em Lisboa.
    Por vezes pecamos pelo exibicionismo: "comprado em..." e tantas vezes coisas made in Oriente...
    Mas sabe bem trazer "recuerdos"...
    Não te percas por aí, Nina.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  16. Usted vio de todo en Holanda amiga querida , un gran viaje

    ResponderEliminar
  17. Nina, acabei de fazer um tour com você. :)) Beijo carinhoso!

    ResponderEliminar
  18. Me pasó lo mismo cuando fuimos a París...Están en todas partes del mundo.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  19. Boa noite Nina, que bom é andar por esse mundo fora e conhecer toda essa diversidade de lojas e ter acesso a qualidade que ainda vai existindo e a preços módicos como diz!
    Concordo e ainda bem que tudo se generalizou, quebrou-se um pouco a magia, mas foi óptimo podermos aceder a lojas que de outra forma não poderíamos, como é o meu caso;))!
    Sobre Vigo visitei há meia dúzia de anos e adorei!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  20. ainda gosto muito de percorrer todinha a corte ingles:) mas essas 2 lojas que postou estão no meu roteiro como ótimas e você falando acredito!
    bjinhos

    ResponderEliminar
  21. Oi Nina!!!
    A muito que não passava por aqui (sempre a eterna falta de tempo), mas é sempre um prazer quando aqui venho!!!
    Achei muita graça neste teu post, porque vivenciei recentemente a mesma experiência..
    Quando vim morar para Portugal, a visita a Vigo para quem é daqui do Norte, era passeio garantido pelo menos nos feriados portugueses! Além das compras nas lojas de rua e do Corte Inglês, havia também a visita a livraria médica Carrera na rua Rosalia de Castro!! Depois vieram os shoppings por aqui e tudo isso foi fuçando no esquecimento...
    Esta semana estivemos em Vigo, passados uns 15 a quase 20anos, e tamanha foi a minha decepção...as lojas não tem mais o glamour do início dos anos 90 e a crise também se faz sentir por terras galegas, com imensas lojas fechadas e fachadas degradantes...senti me muito saudosa de outros tempos que não voltam mais!!!
    Beijinhos Nina!

    ResponderEliminar