sábado, 20 de novembro de 2021

Outono na montanha

 Acho que o fulgor do Outono está a terminar. As árvores que ainda há uma ou duas semanas eram douradas ou rubras, em fogo, em labaredas,  começam a despir-se, perdendo as folhas.

Hoje ainda encontrei algumas manchas coloridas, mas o que mais vi foi o solo recoberto por densa manta de folhas. Foi no Soajo, onde uma vez mais regressei.


São bolotas e muitas folhas mortas ...


No centro da vila revi os impressionantes, os majestosos espigueiros




Implantados sobre um penedo descomunal, são muitos. Interrogo-me se continuam a ser utilizados para guardar o grão dos cereais ou se apenas permanecem como testemunhas mudas de outros tempos


Bem perto, o Lindoso com o seu imponente castelo:








A entrada é livre e a vista a partir das muralhas, magnífica:




Aldeias perdidas na imensidão da serra. Se calhar desertas, mas, ainda assim, atrativas - como será viver no silêncio quase absoluto, longe da trepidação citadina?

No regresso, descobri um pedaço do paraíso - Entre ambos os rios - uma localidade perto de Ponte da Barca que, como o nome sugere é atravessdo por dois rios, o Lima e o Tamente.


A vista é esta, assim de paradisíaca




Os adoradores do campismo têm aqui um camping que entre outras vantagens, oferece esta vista

Quero voltar.
 Não para acampar que não é atividade que me seduza. 
Quero voltar para me perder por estes trilhos, quero voltar para encher os olhos com este espetáculo, quero voltar porque mergulhar neste ambiente de pura beleza, só pode fazer bem à alma.

Beijo
Nina






17 comentários:

  1. Boa tarde Nina,
    É verdade, as folhas aqui na minha rua de ontem para hoje caíram imensas, apesar dos plátanos ainda se mostrarem com lindos tons dourados.
    Sobre o Soajo e toda essa zona é maravilhosa.
    Gratas recordações tenho de umas viagens que fiz pelo país há uma dúzia de anos.
    Adorei que tivesse regressado com tão belas imagens.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  2. Aqui embora a paisagem seja completamente diferente já se notam pequenos sinais a fazer lembrar que daqui a pouco é inverno.
    Tem um bom domingo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que vi, ontem o tempo no Algarve este péssimo. Bom domingo. Beijinhos

      Eliminar
  3. Esta zona é lindíssima!
    Belas fotos!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Nina, por acaso hoje li uma notícia das Astúrias onde diz que a utilização de celeiros como favelas está a aumentar. Uma Associação de amigos do lugar preconiza a valorização deste património para que, deixando de constituir um problema, se torne um suporte para a resolução dos actuais problemas das comunidades rurais.
    É de esperar que em Portugal os celeiros tenham um bom aproveitamento.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Oxalá. Realmente não sei como são utilizados atualmente. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Qué lindo sitio. Yo también querría volver a ver paisajes así de coloridos y acogedores.

    ResponderEliminar
  7. Jane Quintela de Carvalho24 de novembro de 2021 às 13:36

    Oi Nina... eu gostaria de caminhar por estes lugares!!!
    Por aqui muito quente, quase verão... e eu louca para viajar, quero férias!!!
    Beijosss!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jane, acho o calor excessivo muito cansativo. Espero que viaje rapidamente.

      Eliminar
  8. Ola! depois de muito tempo voltei por aqui! que linda entrada! que belo e seu pais, portugal. Eu conheci algumas fortalezas portuguesas no Brasil e amei muito! Lindas fotos! Obrigada por compartilhar! Voltei ao blog, esta convidada! te espero!
    Beijao!

    ResponderEliminar
  9. Que magnifico passeio, Nina!
    Grata por partilhar estas maravilhas serranas! Aqui as folhas também estão a desaparecer... muito vento, chuva, e a temperatura caiu a pique nos últimos dias!
    Um beijinho grande! Feliz fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  10. Ninita, que saudades dos teus textos! Ainda bem que voltaste. Saio daqui mais feliz, mais sorridente e de alma cheia. Adorei os que escreveste e o que os teus olhos registaram. Adoro o sítio e adoro as recordações que se espalham como folhas do outono pelo ar. Que o teu outono seja doce e te traga muitos momentos inspiradores para continuares por aqui. Um grande beijinho e bom fim de semana, querida amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Lete, muito obrigada. Estou a regressar devagarinho. Desejo-te um feliz domingo. Beijinhos

      Eliminar